Um dia! Talvez.

Quando pensamos no futuro e em tudo o que poderá vir por ai, nós ficamos preocupados, sendo que o futuro e incerto e sem nenhuma garantia que chegaremos lá, as noticiais atuais de catástrofes e de todos os gritos da natureza e de alguns. O que podemos dizer e que os navegantes, vão ter muita turbulência no decurso do percurso, porque não sabemos de onde viemos e nem pra onde vamos. Existe uma grande quantidade de perspectivas e caminhos, porém pela fraqueza humana e sua pequenez, sempre tomamos o caminho errado. E só nos damos conta, quando já estamos numa posição, em que ao pensarmos em pegar o próximo retorno, ele sempre está na contramão de nossa direção, e conforme avançamos ao olhar pelo retrovisor da vida. Vemos a rotatória cada vez mais distante. Porem existe sempre uma luz no final do túnel. Mas quando estamos paralelamente, a grande surpresa. Sempre aparece uma pedra no caminho, e voltamos a posição inicial e já bem distante do nosso porto seguro. Não nos resta nada, a não ser. Seguir em frente, e tentar errar menos, sendo que com os anos de experiência e com alguns cabelos brancos. Levando em consideração os passos em menor escala. Pensamos, Paramos, Refletimos e só após todos estes pontos. Agimos. O tempo neste caso e o nosso maior aliado. Trazendo a experiência de vida e a base de informações coletadas durante os anos. Mas ainda não estamos isentos ou imunes de cometermos os erros da vida. Afinal somos humanos. E apesar de toda a estrada percorrida. Após cada queda, nos colocamos de pé. Isto e a lei da sobrevivência pela qual todos os dias acordamos, lutamos e retornamos. Nem sempre vencemos, apesar de estarmos sempre lutando. Este e o ciclo da vida, que não para. Segue. Este ciclo se renova a cada manhã, sendo que há um renovo e um equilíbrio fazendo como um nível de uma balança, que zera, não acrescentando ou tirando do que lhe e habitual. Este renovo, nos traz uma força grande que ao pensarmos em desistir, e como se fosse cobrado a nossa participação neste ciclo de vida. Por assim dizer. E assim tomamos as rédeas, todas as manhas e nos encaminhamos a dar mais um passo. Pequeno e Grande. Não importa. O importante e que seja um passo, talvez rumo ao desconhecido, não sabemos. Mas estamos indo pra algum lugar. O tempo trará as respostas. Sendo que o tempo tem respostas pra todas as perguntas, que lhes são feitas. Um dia talvez. O amor reine entre todos os homens. Só assim seremos livres, de todos os males deste atual sistema.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s