A lei.

O que é a lei! Pra que serve à lei. Como ser a lei, porque existe lei pra parte menor. Nunca entendi direito a lei. também não fiz direito, talvez na tal área, pode não existir controvérsia, sempre que à brasa vem para nosso lado. Tudo e concordável. Portanto. Não se entende como a força o estado a lei, deva conduzir tais situações, onde inclui-se vidas, das quais grande parte paga aos seus serviços, digamos péssimos serviços, pois quando há necessidade, nunca se é observado. Então. O que fazer e como fazer, de quem pedir ou a quem pedir. Vamos recapitular, Nós estamos desamparados e  sem rumo. Portanto. a quem recorrer e como recorrer. Existe alguém sério, ao qual poderíamos dar um voto de confiança. Quem? No princípio e no meio e no fim. Só existe um. Deus. Só ele. Só ele.

Anúncios

O Amanhã.

O amanhã pertence a quem. Temos tal direito sobre ele, chegaremos lá, muitos ficam pela estrada. Porque uns conseguem ou não. De quem e a culpa, de quem não se cuida, ou de quem se cuida, pois é né… Vamos recomeçar, sorte tem quem acredita nela. Será. Todos pensam da mesma forma. Não. Então porque na reta final, alguém ultrapassa e alguém não ultrapassa, de quem é a culpa. Se todos são dotados de capacidades e tem os mesmos objetivos as mesmas armas, porque não conseguir. Pois é né;. Vamos andar, porque a fila não para. Como é a pergunta. “o amanhã pertence à quem”.

Medo,

Medo; do dia, medo da noite, da floresta, do cinema, do carro, da moto, do sítio, da fazendo, da casa do ap. Medo de tudo, como assim, medo de tudo, pois a qualquer momento, pode acontecer algo de ruim, de bom são poucas as lembranças, e raras, como agir, como se defender, de loucos, maníacos, pessoas perturbadas, as quais são  protegidas por nossas leis que mais protegem agressores do que agredidos. Como se defender, de quem e a responsabilidade, e pra quem e a responsabilidade, então, vamos regressar pra onde, qual data do tempo. Será fácil esta adequação, vamos parar aonde, no passado no presente ou vamos pro futuro. Será melhor ou pior, parar ou andar, correr ou esperar pelos 30, é agora José pra onde, não acho à placa.