Entre um dia e outro…

Como o Senhor descreve o inicio do Bairro Pedregal, juntamente com a Igreja Santo Antônio do Pedregal.
Quando o senhor Vilson, chegou no Bairro Pedregal que estava em processo de implantação, na década de 1980, tinha na localidade por volta de oito barracos, a área estava em processo de desocupação, ”Reintegração de posse pro Estado”, Nesse processo de reintegração de posse que já tramitava no meio publico, os moradores tinham pouco tempo e com o esforço de todos, houve, ajuda através de conhecimento do Vilson, e dedicação de todos os moradores da época, o senhor Vilson buscou ajuda junto a prefeitura, desta forma o setor de habitação, chegou a um consenso, para deixar os moradores no bairro pedregal, já existia um projeto para a construção da rodoviária e os moradores do quarta feira, (bairro alvorada), viriam para o bairro pedregal, o Senhor Vilson, fez um barraco de lona para morar, no futuro, bairro pedregal, sendo que houve por parte do setor de habitação da prefeitura, todo o processo de implantação do bairro pedregal, os moradores foram avisados para não fazerem investimentos de inicio, aguardar todo o processo de implantação do bairro, e logo em seguida, a prefeitura veio através dos setores de infraestrutura e demarcação de área, para delimitar os locais onde os moradores iriam se localizar, a implantação da igreja Santo Antônio do Pedregal, neste primeiro momento já houve uma primeira missa, juntamente com a implantação do Bairro Pedregal, a primeira missa teve “quarenta pessoas”, presentes, o Padre havia vindo da Cidade de Diamantino, “duzentos quilômetros de Cuiabá”, era uma comunidade em processo de implantação e sem recursos, o Padre trouxe ajuda da igreja são judas, no início dos trabalhos, os quais auxiliaram no processo de implantação com recursos e ajudas na forma de conduzir os trabalhos na Igreja Santo Antônio do Pedregal, nesta época não havia igreja ainda, as missas eram em frente a casa do Senhor Vilson, outras comunidades que ajudaram na condução dos trabalhos, foram a comunidade do Araes, onde trouxeram uma caixa de som e um aparelho de som que funcionava com doze pilhas grandes, através destes meios de comunicação, foram feitos os primeiros convites e missas na comunidade. Veio também o pessoal do Bairro Quarta Feira (Bairro Alvorada), para auxiliar nos trabalhos da igreja, nesta época o grupo de jovens não tinha nome, o senhor Vilson, trabalhava na UFMT, a Igreja, ainda continuava na casa do Senhor Vilson, com este aparelho de som fazia se a divulgação nos bairros da região, Araes, era um exemplo, a comunidade sem recursos, não tinham nenhuma forma de controle, sendo que os recursos eram mínimos, e os custos altos, principalmente com pilhar grande, em uma reunião de Bairro, houve uma doação de uma madeireira da região, e, receberam em doação a madeira para construção da igreja de madeira, sendo que a primeira Igreja era de lona preta, sem condições, gerais não tinham agua, nesta mesma época com toda essa luta, houve uma invasão e a construção da igreja que seria de tábua, teve que ser acelerada, o em função da invasão, O Padre, Juntamente com o Senhor Vilson escolheram o nome para a igreja. A festa do Padroeiro já foi feito no segundo ano da implantação da igreja Santo Antônio do Pedregal. Este nome foi escolhido pelo Sr. Vilson, sendo que não existia pro perto Padroeiro Santo Antônio. Com a escolha do padroeiro e o nome da igreja, que seria Santo Antônio do Pedregal, a primeira e a segunda, festa foram feitas no Centro Comunitário, a terceira festa já foi feita na igreja, sendo que as primeiras festas eram de apenas um dia. Os títulos eram de presidente, o senhor Vilson acreditava que o nome de presidente não estava de acordo com a humildade que temos que ter na igreja. O Senhor Vilson expôs a mudança deste titulo de presidente para coordenador. E foi aceito pela maioria dos que estavam presentes na assembleia, houve uma mudança em todas as igrejas, sendo que ficou coordenador. O controle era feito de uma forma simples, sendo feitas as anotações em papeis, o gasto maior era com pilhas grandes, para o aparelho de som, que usavam doze pilhas. Na sequencia veio, uma outra pessoa para ser coordenador dos trabalhos, e desta forma com o novo coordenador, houve a mudança de um dia para quatro dias. Conforme era em sua localidade, onde o mesmo morava, As festas eram feitas em finais de semanas, quinta feira, sexta feira e sábado. Dona Maria disse que houve uma mudança de 1985 para a trezena que seriam treze dias de festa na comunidade, a dezena, o santo visitava dez casas, na trezena, são treze dias de visitação nas casas da comunidade, dona Maria disse que e feito uma visita, as casas onde o santo vai permanecer o dia e a noite, e feito um ritual, falando do santo padroeiro, conta se a historia do santo, e, falado à palavra, as orações, as rezas, e o terço, onde e feito o histórico da vida de Santo Antônio, Conta se sua vida de humildade, apesar de ser de família nobre, todos os fieis, fazem este ritual de uma casa para outra e quando termina o ritual de todas as treze casas vão para a igreja, este ritual e seguido por todas as pessoas do Bairro Pedregal, e são de trezentas e quatrocentos pessoas, quando o santo retorna para a igreja, e feito a missa e no domingo um almoço, e na noite do domingo e feito o encerramento da festa de Santo Antônio do Pedregal. As festas da Igreja sempre foram culpadas, pelos problema de bebidas, sendo que as pessoas bebiam em outros lugares e traziam problemas para a festa da Igreja, e uma certa época foi proibido a venda de bebidas alcoólicas, depois da proibição o faturamento caiu, e os problemas continuaram, e em seguida O Padre liberou a venda de bebidas novamente, para tentar resolver o problema. Senhor Vilson foi convidado a assumir a coordenação novamente da Igreja, mas o Senhor Vilson disse que assumiria para fazer a igreja de Material, o Bispo veio na casa de Senhor Vilson, e o Bispo solicitou uma verba da Alemanha para a construção da Igreja Santo Antônio do Pedregal, sendo que seria de Mateiral, após, noventa dias, o Bispo, veio novamente, na casa, do Senhor Vilson, e disse que teria vindo verba somente para construção da igreja e não para mão de obra, o Bispo disse que se não fosse feito a Igreja de Santo Antônio do Pedregal, naquele local, no Pedregal, o recurso iria para uma Igreja no Bairro Santa Rosa, o Senhor Vilson disse que se verba teria vindo para a Igreja de Santo Antônio do Pedregal, seria construída a Igreja no Bairro Pedregal, ficou acertado e no dia marcado tinham mais ou menos quarenta pessoas o material começou a chegar um caminhão de areia, vinte sacos de cimento, e começaram a fizer a edificação, quando o Senhor Vilson, entregou sua gestão como coordenador, Todas as partes de construção edificada, faltando, apenas à, parte de acabamento. A imagem de Santo Antônio veio de um terreiro no Bairro Araes, foi doado para a igreja, segundo o doador a imagem estava danificada, e precisava de uma restauração, o Senhor Vilson conversou com uma restauradora que trabalhava na UFMT, a restauradora disse que fazia o serviço mais precisava do material e desta forma o Senhor Vilson conseguiu o material, o Senhor Vilson, foi buscar a imagem juntamente com o seu cunhado, e trouxeram a imagem de Santo Antônio, que precisava ser restaurada, a imagem, pesava mais ou menos sessenta quilos, trouxeram a imagem na parte da noite, e posteriormente levaram a imagem para a restauradora da UFMT em sua casa; a restauradora morava no bairro lixeira, próximo a subprefeitura, “nos dias de hoje” alguns dias depois a restauradora avisou o Senhor Vilson e ele foi buscar a imagem, do Bairro Lixeira, e foi feita a consagração na Igreja Santo Antônio do Pedregal. Esta imagem fica na parte superior em frete à Igreja Santo Antônio do Pedregal. Um problema da construção da Igreja Santo Antônio do Pedregal, foi um dos muros, que já caiu algumas vezes necessitando ser refeito, a Igreja Santo Antônio do Pedregal, em sua implantação inicial, era pra ser Paroquia, teria até o local de morada do Padre. O que não aconteceu posteriormente, devido ter uma Paroquia nas proximidades, do Bairro Santo Antônio do Pedregal. Senhor Vilson tem 76anos e dona Maria 66. Os jovens da igreja são Judas Tadeu, vinham ajudar o grupo de Jovens, que nesta época não tinha nome, tinham os jovens que se reuniam com Jovens que vinham de outros Bairros, como do Bairro Araes, Bairro Quarta Feira, (Bairro Alvorada), entre outros bairros, que já eram implantados nesta época, hoje o grupo de jovens, chama se “Cantinho do Amanhã” e composto atualmente por trinta membros todos da comunidade, do Bairro Pedregal. Felipe, um jovem de quinze anos, que participa pela primeira vez, sendo um dos membros de apoio do grupo, as reuniões ocorrem no primeiro e terceiro domingo de cada mês, horário as 17:30- horas. Dona Maria da Penha, apesar de fazer parte da comissão, onde são feitos os sorteios, para que nos treze dias de festas do Padroeiro da comunidade, onde são sorteadas, apenas treze casas, que tem o privilegio de Santo Antônio do Pedregal, permanecer em sua humilde morada, Dona Maria, afirma que nunca teve esta graça do Santo Antônio, ficar em sua residência, Elenice, outra moradora antiga do bairro, participa dos festejos de Santo Antônio, a quatro anos, já colocou seu nome por três anos, e não teve o privilegio do santo ficar em sua residência, Elenice diz que continua confiante, e que em breve, Santo Antônio, ficará em sua residência. Dona Maria da Penha, e uma das benzedeiras antigas da comunidade, Dona Maria, afirma que a maioria da comunidade ajuda nos preparativos da festa de Santo Antônio, e que as pessoas que são sorteadas, também ajudam da forma que podem contribuir para o bom andamento das festas de Santo Antônio do Pedregal. Na festa do ano de 2018, Santo Antônio, saiu da Igreja de Santo Antônio do Pedregal, no mês de Maio, O mastro foi levantado no mês de Maio de 2018, e Santo Antônio, foi para a primeira casa da comunidade de Santo Antônio do Pedregal. Após percorrer as treze casas da comunidade do Bairro Pedregal, Santo Antônio, retorna para a Igreja. E começam os preparativos para a finalização do festejo, com a finalização do ritual, Santo Antônio, retorna para o seu lugar, onde permanecera, até o próximo ano, quando começará, todos os preparativos para o ano vigente, onde acontecera todo o ritual, os quais a maioria dos moradores da comunidade já conhecem, aprovam e participam, deixando o legado dos velhos moradores do Bairro Santo Antônio do Pedregal, para os novos moradores, que darão prosseguimento à memória, trazendo sempre as lembranças das festas passadas e suas historias, sendo que em cada ano, apesar de fazerem as mesma coisas, mais as historias são diferentes, com moradores diferentes, apesar de estarem todos na mesma comunidade. A cultura que permanece e passa de uma geração para outra, conforme relata (DFS), que mora no Bairro Santo Antônio do Pedregal, e que fala da festa de Santo Antônio do Pedregal, com grande conhecimento, apesar de morar no Bairro Pedregal, a dois anos, fala também de uma mina d´água, que existia na divisa do Bairro Pedregal, com um condomínio de luxo, que existe a poucos anos, e faz divisa com o Bairro Pedregal, onde a separação e feita por uma grande avenida de mãos duplas nos dois sentidos, mais o Morador (DFS), fala com conhecimento de causa, sendo que os moradores mais antigos, foram multiplicando as informações, diz, (DFS), também conhecer o Sr. Vilson e Dona Maria, e conhece parte da historia dessas duas personalidades, (DFS), ficou conhecendo toda a historia do bairro e da igreja, através de seus vizinhos, que foram contando fragmentos da historia de formação do bairro e da igreja, para os moradores mais antigos do Bairro Pedregal, que fizeram a historia do Bairro e da Igreja Santo Antônio do Pedregal, suas memórias serão sempre vivificadas, por muitos anos, sendo que serão multiplicados, à historia, por gerações e gerações. Mantendo o histórico de formação, em sua forma original, podendo haver algumas alterações, talvez de atores, mais a historia real em si, permanecerá por muitos dias. Por décadas e séculos, muitas historias atravessaram países e continentes, foram contadas por duas ou dez gerações, trazendo sempre a memória dos que participaram da formação, numa época futura, as memórias foram passando de geração em geração, onde não foram esquecidos, e sempre lembrados, no presente e no futuro. Apenas para que os moradores do futura, não se sintam agradecidos por lutas passadas, as quais não participaram, mas simplesmente, para que respeitem a memoria, o suor, e a luta, estando eles no futuro, reconheçam com humildade, que para se chegar onde esta, não foi simplesmente chegar, houve um histórico, não do individual, mais do coletivo. Os quais fizeram a sua parte, “como afirma o Sr. Vilson” fiz o que tinha que fazer.

Anúncios

O homem que mata, o homem de chora, o homem que ri.

Como entender a mente deste animal racional, sendo que os animais a maioria vivem em harmonia, se protegendo uns aos outros. Não matam senão por necessidades alimentares, ou por proteger os seus, que normalmente são pequenos e indefesos. Como entender este tal animal racional, que mata, rouba, queima, tira, desagrega, praticam todas os atos de maldades, crueldades, tudo o que não presta, tudo o que e mau, sendo que esteja no campo da vantagem para alguém, e no campo da desvantagem pro outro, sendo irmão de sangue ou não lhe e tirado o que pertence, ao outro, em beneficio de alguém. O ser humano, em sua maldade infinita, sem parâmetros, sem dignidade, sem perdão, sem misericórdia, o homem quando e para praticar atos de maldade, vandalismo, mentiras, e todas as mazelas que lhes são habituais e de todo dia, de toda hora, de todo o segundo, os seus pés se apressam. Contrariamente, quando e para praticar algum ato de beneficio ao seu semelhante, irmão, necessitado, os pés não dão nenhum passo. Como e imprestável o homem, no seu todo, sem nenhum credito ou atos que lhes abone. Todos mesquinhos e egoístas, praticadores de todos os atos desumanos e maus, sendo que os mesmos se perderam no decurso do percurso. Raças de víboras, que praticam todos os atos impróprios, de uns para os outros. Previcadores, insanos, quando lhes e necessário, fazer algum beneficio para o seu semelhante. Homens maus, alicerçados no contrario, do que e ser um amigo, ou protetor, sendo que só agem no campo da destruição. Se e para matar, matam. Se e para roubar, roubam. Se e para chorar, riem. Que maldade entranhada em seus alicerçados na sua formação, em todo o ser. Meus dos produtos em formação, e não no meio. Agindo na contramão de tudo e de todos. Procurando o que e errado, seguindo na escuridão, mesmo na luz, permanece em trevas, sendo que todas as suas obras, são más. Não se acha nenhum til, de alguma coisa, à qual, alguém, possa dizer um “A”, em favor, ou para defender, este tal animal, “racional”, como proceder, como se dirigir, como entender, como seguir, como… homem mau, e sem misericórdia, mesquinho e egoísta, se for para tirar a única camisa, à qual o mendigo, tenha. Os pés do tal animal racional. Se apressam. Quando e para agir na contramão de tudo. Correm como uma lebre em fuga. Quando e para doar algo. Os seus pés e passos, andam como “Tortugas”. O que fazer, como entender. Ou não entender. Para onde seguir, ou não seguir. Parar, tentar reconstruir, tudo, desde o começo. Parar, na bifurcação da estrada. Tentar dar um trezentos e sessenta graus, em direção à algum lugar, ou mesmo tentar retornar, para lugar, à alguma direção. Como proceder, o que fazer ou como fazer. Como o homem e mau. Faz tudo contrariamente, a ética, a ordem, a decência. O animal racional, precisa aprender, como os animais irracionais. Pois se os mesmos praticassem “um quarto”, dos benefícios em prol, da família, do lar, da ordem, da decência, os quais os animais irracionais praticam, os animais racionais, subiriam um degrau, em seus atos praticados, no seu dia a dia. E aprenderiam muito mas, com os animais irracionais. Pois eles merecem o respeito de todos os seres humanos, que são maus, egoístas, desumanos, e sem valor nenhum, diferentemente, os animais irracionais, merecem toda a dignidade, pois são os exemplos de todos os animais existentes. Sendo que são excluídos, e bem verdade que quem deveriam serem excluídos; são os que roubam, matam, prostituem, e praticam todos os atos de libertinagem, pois estes praticam o que lhes habitual, pois esta em conformidade com à sua maldade, e esta na rota de toda a construção de aprendizado, que lhes e imposta desde os primórdios, de toda a civilização dos tais seres. Sendo que em toda a sua trajetória, e a historia mostra com dados reais e exato, através da historia, atos de extrema maldade, corrupção, e de todos os tipos de malefícios, os quais foram praticados pelos tais animais racionais, ceifando a vida inclusive, dos bravos e honestos, animais irracionais. Como entender, como proceder, ou não entender, e não proceder. Mais à nos simples mortais. Devemos deixar o nosso repudio, à todos os animais racionais. E o nosso grande respeito, à todos os animais, irracionais. Vamos avante, e que aprendamos, com os animais irracionais, à sermos, mais humanos, e que tenhamos, respeito e amor, pelo o nosso próximo, que não subtraiamos, nada do que não nos pertence, e que todos os poderes desta nação, sofra um trezentos e sessenta graus, sendo que em todas as esferas, e em todos os cargos, que sejam, ou passe por uma grande substituição: que se coloquem nesses locais, ou substituam, todos os cargos em todas as esferas desta nação, por animais irracionais.

Tudo o que vem fácil! Vai fácil…

As construções do capitalismo, São, astuciosamente, trabalhadas em prol de um grupo sem precedentes, para almejar os seus objetivos. Não se importando com quem estará em seu caminho, o objetivo principal e proteger os que os rodeiam, tornar tudo privado, e o que os tais lutam desde os primórdios, “de la humanita”, com o privado em escala global, todos ficarão privados de seus bens básicos, havendo ai um grande bloco de separação com os que podem e os que não podem. Uma exclusão a níveis globais, tornando os mais poderosos mais poderosos, e mais miseráveis, ainda mais miseráveis. Isto e o que o homem almeja desde o principio, ser um deus, sobre tudo e todos, tendo todos os demais, aos seus pés, para lhe servir, à cada segundo do dia, que amor, pelo o próximo. Os grande grupos e as mega corporações, agem silenciosamente, para tornar o globo em um espaço de pobres e miseráveis, não consigo entender onde querem chegar os donos do mega capital, sendo que já tem mais do triplo do suficiente, que ganancia desenfreada e essa! Quando chegar a hora de descerem para as partes inferiores, e se juntar com os demais, não levarão nada. Além de uma cobertura de terra, mesmo que seja mais requintada, do que os demais, os simples mortais. Como entender o ser humano, e principalmente o homem. Este mesmo homem que veio à este sistema, da mesma forma que os demais, não lhes impondo um caminho especial, para alguém ou mesmo que seja o filhinhos da mamãe, então como entender o homem, estão todos sujeitos ao mesmo julgamento, passarão todos os homens pelos mesmos caminhos, o que tem um, e que tem menos um. Qual o segredo de tamanha disparidade entre estes seres, que partiram todos do mesmo principio, e terminarão na mesma estrada, uns com algum credito, outros com débitos, mais todos deverão passar pelo crivo, o acerto. Sendo o filhinhos da mamãe ou não. Tentaremos entender o que faz um homem querer ser superior ao outro sendo que todos são iguais, mesmo com numerários ou não. Esperemos que um dia todos os homens que são iguais, se tornem também iguais em seus objetivos, respeitando uns aos outros, mesmos os que, não tem nada, sejam tratados de igual teor e forma dos que pensam que tem, sendo que o que tem. e o dono de ontem, hoje e amanhã; ninguém que vivem poucos dias, e dono de nada, esta apenas cuidando e muitos de uma forma muito desumana e cruel, o tal esta plantando uma semente de péssima qualidade, sendo que o mesmo ira colher em um tempo bem curto de horas. (Tolo o que tu tem para quem será!), como permanecer neutro em um sistema cruel e perigoso, os que tem uma fraqueza dominada por um ser que escraviza os dias atoais, sofrerão, um pouco mais, por um determinado e interminável tempo. Sendo que o que busca e como o vento, jamais poderá ser alcançado. Portanto cabe a nos lutar por dias melhores para o coletivo, sendo que o individual, bem o individual, ficara para vermos pelo retrovisor, aos quais quiserem conferir, sendo que o nosso objetivo e rumo norte, e sempre seguindo a frente. Buscando recompensa, onde jamais nos será tirada, sendo que o que nos dará e o verdadeiro dono de tudo e todos. Portanto busquemos o que ninguém poderá nos tirar, e os nossos bens jamais serão subtraídos ou esquecidos. Sendo que serão verdadeiros e para sempre. Sim! Para todo o sempre. Um espaço de tempo onde não poderá ser contado. Pois haverá inicio, e não haverá fim. Sendo que teremos apenas inicio, e não fim, como os que buscam apenas o que não nos importa. Vamos correr atrás das coisas que realmente valam a pena, de buscar, não perderemos tempo com coisas e um sistema, onde esta totalmente, indo na direção contraria da direção correta de todo ser. Não percamos tempo com os dias atoais, nem com seus dirigentes, sendo que não somos daqui, e estamos aqui de passagem. Vamos buscar as coisas do alto. E seguir na direção do correto e do puro. Vamos avante, rumo à um lugar onde não haverá outro igual, pois não terá replica, ou copia. Sigamos nesta direção com a força do que nos reparou das nossas falhas. E esta nos aguardando. Para viver o verdadeiro, o correto, o puro, o certo. Vamos ao rumo norte, onde seremos grandes vencedores.

Povo brasiliano; Acertem o alvo? Nos próximos dias!

Os erros do passado, nós custaram e custam muito caros, estamos trabalhando, para pagar contas, não nossas, não de nosso filhos, não de nossos netos e não e de nossos bisnetos. Portando e hora de acabar com a festa dos tais. Precisamos nos unir, conversarmos mais, vamos trocar informações, mesmo, com leigos ou indoutas, ou mesmo, graduados, e que falem a língua do nosso país, que queira o bem da nação e de seus filhos, que cumpram com suas obrigações, com direitos, deveres, que sejam honestos trabalhadores, e que também acertem o alvo. Sendo que não podemos errar, não nos damos mais ao luxo, do erro, estamos sendo tratados pelo mundo com ineficazes e loucos, sendo que somos defraudados em todos os segmentos do estado, uma nação que vivência toda à maldade das classes, as quais deveriam proteger e dar exemplos, à nós simples mortais, precisamos dar uma basta, neste estado de demência em que vive o nosso país, precisamos impor as regras, sendo que não existem mais, ou o povo vence o estado de maldade, que hora se instaurou pelos últimos trinta anos, ou seremos vencidos pela ineficiência e jamais, retornaremos à pátria amada e idolatrada, Brasil, vivemos de sonhos, e precisamos acordar urgente, destes sonhos, ou jamais, retornaremos, vamos brava gente, brasileira, que nos unamos em prol, da nação, que sigamos os exemplos dos verdadeiros, brasilianos, os caminhoneiros, que demonstraram, força, respeito, união, bravura, e heroísmo, sendo os verdadeiros, detentores do respeito de todos os brasileiros, vamos avante, que com a nossa união e integração, venceremos o mal, que se instaurou, em nosso belo país, a hora esta chegando, a vitória e nossa, não se deixem levar pelas velhas raposas, se o povo brasileiro, não se unir e não der uma resposta aos ineptos de todos os poderes, nossos filhos e netos, não terão futuro. E o culpado, seremos nós que não fizemos nada para deter o avanço do mal, em todas as unidades de federação de nosso belo país. Vamos mostrar para a ineficiência, que o bem triunfara, e que nossos filhos e netos, terão um futuro, juntamente com o nosso belo país. Lutemos para que a razão vença a loucura, sendo que o estado atual, de todas as unidades de federação e o distrito federal, são de total mazela, impostas pela regressão e ineficiência. Se cruzarmos os braços e não mudarmos o estado atual, nossa sequência, voltara a um estado de regressão, sem precedentes. O estado de colônia saltara para a monocultura de cana de açúcar e engenhos, onde a casa grande, distanciara cada vez mais, trazendo um estado de regressão de mais de quinhentos anos. Não temos tempo povo brasileiro, nossa pátria sangra, as ultimas gotas de sangue. Nosso dever, como filhos, e salva lá. Vamos a luta, pelo nosso país, pela nossa família e principalmente, pelos nossos filhos. Nós venceremos com as armas da verdade, da bravura, do amor, do respeito, não precisamos das armas desta classe detestável e imoral. Que usa todos os atributos do mal, sendo que isto lhes e habitual, e desta forma, mostra quem realmente são todos os quais, que subtraíram dos poderes da nação e do país, precisamos nos unir e trazer de volta, para casa o que nos pertence. Somente um povo unido, e se protegendo uns aos outros, jamais serão vencidos, por palavras vazias e sem rumo, mesmo um povo leigo, precisa ser inteligente, sabedoria e inteligência, tomam rumos diferentes, aos que se vendem, que sejam deixados de lado, com os seus algozes e que a maldade dos tais, se unam em mazelas, para todos os que estão hermanados, contra o povo, o qual e detentor do direito de fato, homens e mulheres, simples, honestos, trabalhadores e cumpridores de seus direitos e deveres, e os quais, mesmo preenchendo os requisitos, a carta magna do país, não os protegem, sendo que os mesmos ficam a mercê, de uma classe, má, e sem escrúpulos, fazendo todos os seus interligamentos, para se defenderem, mesmo que com mentiras e coisas de baixo calão, sendo que isto que lhes e impostos, sendo que são o que lhes e habitual e rotineiro, para todos os que detém, à força, o poder que não lhes pertence. Portanto, a hora, chegou, vamos a luta, buscar o que nos pertence. Só assim protegeremos o nosso país, e o futuro, de nossos filhos e netos.

E gol! Que gol? Onde! Na saúde, na educação, na segurança…

Que tristeza meu Brasil, brasileiro, teus filhos trocam direito e dever, por nada, simplesmente. “Uma pelada” enquanto tu sagras, enquanto tu, e desprovido de tudo, por todos os poderes corruptos desta nação. O povo! Ah? O povo. Permanecem, meio dia, ou o dia todo, com os copos nas mãos, e com seus olhares fixos, para uma tela. Onde vinte e dois alienados, ricos e milionários, à serviço dos interesses de políticos e mega empreendimentos, empresas como a CBF, sendo que os interesses, são único e exclusivamente com o capital especulativo e selvagem. Com três dirigentes, ficam correndo de um lado para outro de um retângulo. O que esperar de um povo que não busca seus direitos em tempos de guerras, onde os corruptos e corruptores, ficam na zona de conforto, para fazerem suas maldades, e equacionar os seus problemas, e de seus aliados, o que lhes é habitual, desde sua infância. Este povo desconhecem à sutileza e atos feitos na escuridão da noite pelos poderes, que estão entrelaçados e interligados, em, buscar proteção, para todos os que fazem parte, do quadrado? Este povo bom e ordeiro, que desconhece, até, o direito de ir, à posto de atendimento, ao qual ele já paga caro, para manter todo o sistema funcionando, e chegando lá, encontra um atendente, mal humorado, um médico, com um grau de irresponsabilidade, de alto grau, se esqueceu do juramento que fez, um dia! Um sistema sucateado, pela ineficácia e ineficiência de todos os poderes, alienados, irresponsáveis, corruptos, corruptores, até quando este povo bom e ordeiro, irá suportar, tal incompetência, deslealdade, maldade, frieza, inconsistência, deturpação, alienação, jogo de interesses, de todos os políticos, de todos os empresários, de todos os industrias, de todos os grupos do agronegócio, de todos os poderes, todos, hermanados, juntos, irmanados, interligados, com suas alianças, unidos pelo bem dos mesmos. Os quais destruíram a nação, os direitos, os sonhos, as realizações, mataram à “CLT”, criaram a CLE, “Consolidação das leis dos empresários”, fica aqui uma pergunta, “foi gol”, vamos voltar, fica aqui uma pergunta. “Quando será que este povo, vai acordar deste estado de anestesia profunda”. Como proceder, com tanta irresponsabilidade no governo federal, com tanta irresponsabilidade no judiciário, com tanta irresponsabilidade na câmara dos deputados, com tanta irresponsabilidade no senado federal. “foi gol”, vamos voltar aqui. Para onde vai este povo, e como vai. Ou não vai. Ou já foi… “foi gol” e agora José. Como proceder com este povo. Onde o Brasil errou para merecer tal gente, “na base, no centro e na parte superior da pirâmide” como reverter tal processo. Vamos ajudar o Brasil, a fazer uma regressão até mil e quinhentos, quem sabe, desta vez o Brasil, terá mais sorte. Precisamos enviar todos os que estão ai… O Brasil, não merece tal gente. “foi gol” Todos nós os verdadeiros brasilianos, precisamos fazer uma reflexão, e canalizarmos todos os esforços, para a verdadeira mudança neste belo, país. Precisamos de uma grande injeção, em todos os brasilianos, para que voltem novamente, para o Brasil, “Não para empresa CBF”, “FOI GOL”, vamos voltar aqui. Não aos ricos e detestáveis jogadores, que nos custam muito caro! E não nos trazem nenhum retorno ou beneficio, já pagamos muito para manter uma máquina, ineficaz e irresponsável, O povo brasileiro, precisa reaver à sua pátria. Precisamos ter um lugar para chamar de nosso. Vamos jogar fora todos os poderes, sem exceção, estão todos podres, arcaicos e ultrapassados, em todos os seus atos e procedimentos. Dali não se aproveita nada! Pode jogar tudo no lugar mais profundo do mar. Esta na hora do povo reaver o que se havia perdido, para à maldade, a ineficiência, o estado de degradação total de uma nação. Este ano de 2018 “dois mil e dezoito”, será um bom inicio. Para este belo país, começar a andar novamente, voltar aos trilhos, chega de velhos ultrapassados, ineficazes e irresponsáveis, em todos os seus atos de regressão, no comando deste belo país, “foi gol”, vamos voltar aqui. Temos uma força jovem, competente, criativa, sadia, forte, trabalhadora, honesta, patriota, que vem emergindo, de todos os cantos deste belo país. Somente estes jovens, são capazes de tirar o Brasil, deste mar de lama, o qual se encontra. Vamos manter a nossa guarda em posição de defesa, para mantermos os jovens numa posição de destaque, sendo que eles terão muitos impedimentos, por parte de tudo o que e contrario, neste belo país, os tais retardados e as velhas raposas, que estão ai caindo na cova, e indo para as partes inferiores, e não dão oportunidades para a verdadeira força que este belo país, necessita. Vamos avante, Brasil brasileiro, com a sua força jovem. Para que você seja um grande vencedor. E que todo o atraso e regressão que todos os poderes, tem te deixado, nas ultimas décadas, fiquem no esquecimento, como todas essas raposas velhas, de todos os poderes. Sem exceção.

Juventude, juventude; o que o sistema fez com vocês?

Passando por uma destas rodovias federais deste belo país, perto de uma das capitais, de uma unidade de federação, vi uma placa do álcool, abaixo do media geral de preços impostos pelo sistema corrupto e irresponsável deste belo país. Parei, e como todos nos vivenciamos dias de extrema incompetência gerencial, administrativa, pública e privada, de todos os poderes e corporações, desta nação. Como tinha combustível no tanque, resolvi, colocar dez litros de álcool, parei no local de abastecimento, não lembro a bandeira, veio um profissional de atendimento, e pediu se era para completar o tanque de combustível, disse não! Por gentileza coloque dez litros de combustível, como na placa que indicava o preço unitário do litro de álcool. Era, “R$=2,50 reais/litro”. O profissional de atendimento, digitou a quantidade de combustível, e começou a colocar o álcool no tanque, pensei, enquanto ele vai abastecendo, vou finalizar o processo, pagando pela quantidade abastecida, R$25,00, “vinte e cinco reais”, assim quando ele terminar, sigo meu caminho, nesta estrada esburacada deste belo país, onde todos os impostos pagos, tem uma único caminho. “A Corrupção”, pedi pro profissional de abastecimento, enquanto o senhor vai terminando de abastecer, faça o recibo da quantidade por favor, que vou acertar no caixa do posto. O profissional de abastecimento disse; vamos esperar terminar, para que eu pegue o valor na bomba e passe pro senhor ir fazer o pagamento no caixa do posto. Olhei para ele com um olhar de espanto e preocupação, perguntei lhe; você esta brincando ou esta falando serio; ele disse serio! Neste momento começamos um dialogo; Perguntei quantos anos você tem meu jovem, ele disse, dezenove anos, perguntei, você estuda, estudou até que série, ou ano, ele disse, até o terceiro ano do segundo grau. Perguntei, do segundo grau, ele disse, sim? Perguntei pra ele se poderia fazer uma pergunte! Ele afirmou com a cabeça que sim? Perguntei; quanto são 1, vezes 10, ele olhou para mim, e disse, “acho que são dez”, não tenho certeza. Eu disse para ele, se 1 vez dez, são dez. quanto são dois e cinquenta, vezes dez. ele, olhou para mim, com aquele olhar de, me ajuda ai, tio, como normalmente os jovens se direcionam, à alguém, quando estão todos cheios de dúvidas. Eu disse, você sabe que todo numero multiplicado por um, ele e mais fácil de fazer a equação, portanto, dois e cinquenta, vezes dez, “são vinte e cinco reais”. Ele ainda ficou meio inseguro, neste momento terminamos de fazer o processo de abastecimento, ou seja, de colocar o liquido no tanque, o qual já estava com combustível, ele olhou para o marcador da bomba de combustível, e disse, com um ar de duvida, e verdade! Aqui esta marcando vinte e cinco reais. Ele fez o recibo, me dirigi para o caixa, e finalizei o processo. Sendo que já estava com o liquido no tanque e fiz o pagamento no caixa do posto. Retornei do pagamento, chequei perto do mesmo “o profissional de abastecimento”, e mostrei para ele o recibo de pagamento da maquina de cartão de credito, e me dirigi para o veiculo. Ele veio em minha direção, e me perguntou? o senhor e professor! Eu, disse não! Atuo, em outra área. Falei lhe do ENEM, “Exame Nacional de Ensino Médio” procure nas horas ociosas, no celular ou computador se informar como proceder, existem vários caminhos, pesquise, você tem uma ferramenta importante nas mãos, Me despedi dele, entrei no carro e fui saindo em direção a rodovia esburacada, à qual todos os impostos que nós pagamos, neste belo país, tem um único caminho. “ A Corrupção”, olhei pelo retrovisor, e verifiquei, que ele se sentou em um banco, e pegou o celular e começou a fazer alguns movimentos, fiquei em duvidas, quanto ao procedimento, e comecei, um monologo, comigo, naquela rodovia esburacada. Eu disse a mim mesmo, naquele celular, qual e o procedimento deste jovem, o qual o sistema o transformou em um alienado, sem cérebro, sem futuro e sem perspectiva futura, sendo que ele deve estar utilizando o watts zap, ou facebook, ou outro aplicativo, o qual não acrescenta nada ao seu conhecimento, transformando o, em um jovem sem perspectiva de futuro, não contribuindo para o seu crescimento profissional, cultural, familiar, religioso, enfim, este profissional de abastecimento, o que será dele, amanha? Sendo que com a evolução, todos o sistema tem com meta automatizar e tornar o todo o processo menos humano, e os humanos devem ter total conhecimento de parte de todo o processo, sendo que este trabalhador, devera ser polivalente, se encaixando em todos os setores e departamentos do empreendimento, sendo que este profissional não foi dado nenhuma oportunidade de crescimento e atualização deste ser que devera ter uma vida útil de vinte ou trinta anos, contribuindo, para o andamento do processo empresarial, administrativo, agronegócios, industrial, naval, aéreo, enfim em todo o pacote do capitalismo, que impõe regras, mas não faz por merecer, sendo que o objetivo do capitalismo, e somente lucros e lucros, penso em todos estes profissionais de abastecimentos e outras áreas, as quais se encaixam estes profissionais, que não conseguiram as oportunidades, que outros conseguiram, e estão de uma forma desigual, fora do mercado de trabalho futuro, ao qual não formou nem deu nenhuma contribuição, mas quer um profissional bem treinado, preparado, e apto para exercer todas as funções necessárias ao bom andamento do processo total do capitalismo, sem o mesmo ter gastado um centavo, para equacionar este problema de formação e atualização profissional, de um modo geral. O Estado por outro lado, está preocupado, apenas com o lucro, não lhes importando, de maneira nenhuma com as consequências futuras, desta classe de cidadãos, os quais estão fora do mercado de trabalho, em um futuro próximo, neste país. O que fazer e como fazer, porque fazer. Sendo que uma grande parcela da sociedade excluída pelo sistema, será em breve excluída pela iniciativa privada local e externa. Triste ver um país abandonado, com os seus excluídos e abandonados, por um sistema corrupto, ineficaz, inepto, arcaico, ultrapassado e terrivelmente alienado, aos interesses do capital especulativo, local e externo. O que devemos fazer e como fazer, sendo que o estado mínimo, não tem a menor preocupação com a formação em todos os segmentos da sociedade, não se importando com o bem do país de seus cidadãos, sendo que e bem melhor, governar para: cegos, surdos e mudos, do que ter cidadãos que pensem e protestem, que saibam de seus direitos e deveres, e também saibam interpretar a constituição, o código civil, código penal, e todas as cartas que lhes darão respaldo, frete a ineficácia e conceitos ultrapassados por partes de todos os poderes deste belo país. Então o que fazer e como fazer, para reverter este quadro caótico e sem futuro. Que cidadãos estão sendo formados para dar prosseguimento ao estado de regressão dos últimos trinta anos, o que estamos deixando para os futuros governantes deste belo país. E como estamos deixando. Simplesmente, um quadro preocupante, ao qual avançamos poucos passos, logo após a libertação, “entre aspas”, dos escravos. Estamos a poucos metros de 1888. Isto faz que minha memoria, traga do passado uma frase de um grande homem. “O governo da demagogia não passa disso: o governo do medo.”
RUY BARBOSA.

Uns lutam pelo bem de todos, outros entregam todos os direitos que tem, em prol de nada!

Assim caminha a humanidade, os equilibrados e os desiquilibrados, o povo não sabe o poder que tem, jamais houve um movimento com tamanho impacto em todos os setores da sociedade, o poder esta com o povo, não com meia dúzia de incompetentes e corruptos. Todos os poderes estão sem ordem e sem direção, portanto já e passada a hora do povo tomar o que e seu, como os caminhoneiros querem, o comando. Sendo que eles sempre estão no comando de seus caminhões, eles estão no comando de norte a sul e de leste a oeste, deste belo país. Portando o povo precisa rever o que lhes pertence, o direito de ir e vir, o direito do direito, tomar conta do barco que esta a deriva, sem comando, sem direção, sem nada. Um país a mercê dos interesses dos poderosos e capitalistas das Américas e da Europa. Ou os brasileiros, tomam conta do que lhes pertence, ou em breve período de tempo, não terão nada! Nem direito, nem dever, nem país. Portanto lhes será tirado tudo o que possuem. Sendo que todos os poderes, corrompidos e alienados, à eles só importam seus interesses e nada mais. Acorda Brasil. À nós brasileiros, que trabalhamos e amamos este país. Diferentemente de todos os poderes, precisamos tomar urgentemente as rédeas do mesmo, se quisermos que nossos filhos tenham pátria, sendo que por um pouco de tempo ainda temos, num futuro próximo não terão. Exemplos de ante tudo, todos os dias temos em nosso país, velhos que deveriam dar exemplos, e não dão, somente engrossam o caldo do que e errado, velhos que deveriam temer, sendo que já estão as portas da cova, mas mesmo assim continuam numa maldade desenfreada, parecem que correm pro abismo, os passo se apressam para praticar o mal a iniquidade, tudo o que errado, aos mesmos nenhum deles merecem credito, o que devermos fazer diariamente com todos os corruptos e corruptores, e lhes mostrar que enxergamos seus atos, e precisamos expurga-los do nosso meio. Sendo que somos cidadãos de bem e gente trabalhadora, não precisamos dos tais para nada. Sempre sobrevivemos sem os mesmos, portanto povo brasileiro, e hora do adeus, a todos os ante brasileiros que ora, se infiltraram em nosso meio, que façamos já, antes que seja tarde. Somos gente honesta e correta, não e por nossa imagem que o Brasil, sofre escárnio no exterior e sim pelos poderes corrompidos deste belo país. Que não merece à péssima classe politica, à qual lhe foi apresentada, precisamos honra o nosso país, nossa pátria, nosso lar, estes tais, que ai estão, fazem de tudo para sujar todo o processo, sendo que deles somente sai, tudo o que e improprio e inconsumível, a degeneração total de um ser, esta implantado nos tais, de todos os poderes, tudo o que e de sujeira e podridão, esta em seu meio e no meio. Portanto povo brasileiro, não se afronte com tudo o que e de mais baixo de um ser. Vamos mostrar o nosso verdadeiro ser, pro mundo, que não nos conhecem, só conhecem tudo o que e de mais baixo calão de uma sociedade que não nos representam, somente representam os seus próprios interesses e a eles os seus ganhos são mais importantes do que uma nação inteira, esta nação aos tais não tem nenhum interesse, pois os interesses dos tais são direcionados pros mesmo e pros seus. Aliando se ao lado escuro, sendo que os mesmo tem muito medo da claridade, pois no claro, no primeiro momento já se nota tudo o que lhes pertencem; atitudes más e sem nenhum respaldo ou aprovação da sociedade, os quais detêm o direito de fato. Somos o povo não mais bobo do mundo, mais sim pessoas simples trabalhadoras e que acreditamos em tudo, e somos vitimas faceias nas mãos dos mau caratês, pessoas de índole péssima, as quais vieram corridas das américas, Europa Ásia ou Oriente Médio. Os excluídos destes continentes, aos quais recebemos e o pagamento que nos dão, são somente o que os mesmos tem, como não tem nada, não podem nos dar nada. Mais já e chegada a hora de fazer o que deveríamos ter feito a muitos anos atrás. Coloca-los em seus lugar. Os quais lhes pertencem. As prisões, sendo que os desonestos, já tem como sua morada, vão e voltam, mas sempre à frequentam, Árabes, Italianos, Americanos, Russos, Franceses, Portugueses, e por ai vai. Precisamos mostrar pro mundo, que no Brasil, se produz coisas boas e honradas, e não somente o que não tem valor nenhum. O mundo não nos conhecem, sendo que não vivem aqui, apenas são informados, pela mídia sem compromisso e comprometimento, que fala pelo nariz, não se importando com a veracidade dos faltos, fazem apenas o que o sistema lhes determina, e como um corruptor e os corrompidos, são como mãos e luvas, sempre se encaixam. À nos povo brasileiro, devemos defender o nosso lar, estes que praticam todos os tipos de males, nem brasileiros são, e se são, já se perderam a tempos, pensam que são europeus, asiáticos ou americanos, sendo que lá, deixam o que e nosso, subtraindo todos os nossos bens e riquezas, transferindo os para paraísos fiscais e países que já não precisam, e deixando nosso lar desprotegido, sem nada, só não pedimos pros nossos vizinhos, sendo os mesmos nos pedem, e o nosso lar, mesmo desprotegido luta contra tudo e todos, mais os verdadeiros defensores, as vezes nos traem, usando filas erradas, sendo eles os filhinhos sem loucos, os quais enfrentam filas, para pagar gasolina de dez reais, tomate de doze reais ou um botijão de gás treze quilos de cento e trinta e cinco reais. Mais graças a Deus, existem filhos bravos, guerreiros e lutadores, os quais sofrem com o sistema que lhes aplicam golpes, os mais variados, mas continuam à dar mais um passo, sendo esta passo, vitorioso e gratificante, sendo que sempre vem à doce vitória, e ela vem e sempre vem, não importa? se a mesma dure um mês, um anos, ou dois, mas ela sempre vem, e respiramos, porem os filhos loucos, sempre nos aprontam, se vendendo por uma xicara de café, uma dose de pinga, uma camiseta, ou mesmo cinquenta reais, já são bem pouco os filhos loucos, porem ainda temos alguns deles, mais estamos chegando muito próximo da vitória total, o Brasil merece. Vem sofrendo a muitas décadas, e merece o reconhecimento do mundo, sendo que dele, já foi e tirado tudo o que lhes pertence, onde são distribuídos pro mundo inteiro, sendo que tudo o que e subtraído de forma irregular e ilícita, não lhes e devolvida, pois o mesmo compro o que e seu pro um preço alto, e somente os ante brasileiros e todo o mundo ganha, menos o verdadeiro dono e detentor do direito, sendo que lhe e tirado a força, sem nenhuma forma de respeito ou autorização pelo detentor de fato da riqueza. Oh Brasil, brasileiro, como são ingratos contigo, não somente os teus filhos, mais o mundo inteiro, que sempre te subtraiu tudo o que possui. Quanto será chegado este fim, em breve meu Brasil brasileiro, num prazo muito curto, tudo o que lhes pertence, será devolvido, pelo o mundo. Sendo que tudo e teu, você e o verdadeiro dono, que sempre foi ingratamente tratado pelo mundo, que usou o que e teu, sem pedir ou pagar, pelo que sempre te pertenceu e te pertence. Os brasileiros de fatos já começaram a te honrar Brasil, brasileiro, o primeiro passo já foi dado, em seguida vem o segundo passo, dai em diante, será somente vitória, a vitória que tu merece, já há muitos dias, te alegra, para de sangrar e chorar, a tua vitória chegou, que vem logo.

Os patriotas, lutando por uma nação inteira, os ante patriotas, lutando para pagar gasolina de dez reais o litro.

Meu Brasil brasileiro, o que tu fizeste, para merecer tal gente, uns lutam para te manter vivo, outros para te matar, tudo o que te entristece, começa lá em Brasília, no palácio do planalto, e em todos os mais de cinco mil municípios os quais te pertencem, seguem à cartilha do palácio do planalto, o povo que deveria te ajudar, vão realmente pras filas, como a de teus filhos transportadores de tudo neste país, mas estes teus filhos que se aglomeram em certa filas, são para trabalhar contrariamente contra ti e a favor estagnação e retração desta nação, onde em seu estado estático, muitos lutam para que ele continue. Sendo que muitos que se aglomeraram em filas de postos de combustíveis, supermercados, distribuidoras de gás, simplesmente para: os filhinhos das filas dos postos de combustíveis fizeram um grande feito, pagando gasolina a dez reais o litro, os filhinhos que se aglomeraram nas distribuidoras de gás, também fizeram um grande feito, pagando gás de cozinha de 13kg a cento e trinta e cinco reais, os filhinhos das filas de supermercados, também fizeram um grande feito, pagando doze reais, em um kilo de tomate. Que povinho! Enquanto os patriotas e heróis brasileiros, em filas kilometricas, da mesma forma distante dos seus a vários e vários quilômetros, de seus lares, esposas e filhos, com as condições mínimas de sustento, de higiene, e simplesmente de tudo, sendo que estão sozinhos, são guerreiros que não lutam em causa própria, mas numa causa coletiva em prol de uma nação inteira, e o que eles ganham, chutes de quem os deveriam proteger, spray de pimenta de quem os deveriam proteger, balas de borrachas dos que deveriam proteger, sendo saqueados os seus poucos bens de consumo e sustento, por um governo covarde e ante patriota, juntamente com os seus cães de guarda, os policiais federais. Os quais deveriam fazer o ajuntamento do povo brasileiro, mas agem conforme o desgoverno deste belo país. Que sangra e quando seus verdadeiros filhos se unem para o defender. Os ante filhos, se unem a cartilha do planalto, sendo que estão todos reunidos no mesmo coxo. Uns defendem outros, bem melhor falarmos dos verdadeiros brasileiros, os quais trabalham e lutam pelos seus e seu país, todos os ante patriotas, e todos os políticos e poderes, lutam pela acumulação, o direcionamento, favores, individualismo, egoísmo, e tantos outros benefícios direcionados aos quais não vamos nos distanciar de quem realmente merece o nosso respeito e a nossa lealdade. Ontem dia trinta de maio de dois mil e dezoito, por volta das dezoito horas, sai para abastecer o meu carro, passei em muitos postos de gasolina aqui de Cuiabá, não abasteci onde o valor era consideravelmente alto, mesmo para os dias atuais, onde o nosso país esta a deriva sem comando, sem direção, sem valores, sem respeito, sem nada. Não fiz como os das filhos das filas, por este Brasil, não dei ouvido ao capital especulativo, uma pessoa veio me falar, mais você esta numa posição privilegiada, disse à ele, mesmo que eu estivesse em outra situação, me juntaria a esta causa nobre, em que o nosso país, sem os seus filhos, os verdadeiros filhos, estará perdido. Pois os filhos na noite, que ai estão, não tem nenhum compromisso, à não ser por eles mesmos. Fiquei orgulhoso dos filhos do bem, dos verdadeiros brasileiros, uns ficaram cinco, dez dias sobre pressão intensa do ante governo, mais venceram, sai qualquer resultado, os condutores deste país que carregam tudo nos pneus de seus caminhões, são vencedores, nos deram um momento de satisfação e nos sentimos respeitados. Pena que muitos não entenderam a mensagem, mais deram um grande exemplo de civilidade e respeito à todos os brasileiros de bem, que trabalham e honram seus compromissos, para com eles e com os seus, e, seu país. O movimento não acabou, erram os que pensam desta forma. Foi plantado uma semente de extrema importância, para todos os jovens deste país, que busquem os seus direitos, não se influenciem por grupos, mídia, e muitos, que se dizem influenciadores de massas. Uma mídia alienada e subserviente, políticos sem moral, respeito, ética, não merecem nenhum respeito por parte dos brasileiros de bem. Vamos a luta, ela está apenas começando. E que tenhamos num futuro próximo, mudanças de ordem geral, em todos os poderes e esferas desta republica, que se expurgue todo o mal. O bem sempre venceu, vence, e vencerá. Sempre foi assim desde os primórdios da historia da humanidade, o mal começou mais o bem sempre tomou a dianteira, e o mal, e os que praticam tal obra, sempre olharam para o bem, de uma distancia infinitamente longínqua. Portanto bravos patriotas, vocês são vencedores, os praticantes da boa obra, não há nada a temer, quem tem que temer, e o treme, o tal, do golpe? À parte contraria, as obras da escuridão, jamais vencera o povo de bem e trabalhador de nosso belo país, que conta com a nossa garra, força, união, irmandade, benevolência, e principalmente a vitória, sendo que os que buscam e lutam, alcançam. Já houve uma grande vitória, que já esta marcada, na historia recente desta humanidade, “O dia em que as rodas, pararam um país, sendo este sem comando, sem respeito, sem caráter, sem honra, sem nada, apenas, registrado na historia como o dia dos patriotas”. Vivam os profissionais de toda a área de logística e transporte deste belo país, chamado, Brasil. Que olha para todos estes profissionais com um respeito maior que antes. Viva os caminhoneiros, de nosso belo pais.

O grito que vem da boleia

Um gigante adormecido, que da noite para o dia, acordou, fazendo muito barulho, parando estradas, ferrovias, portos, campos, cidades, estados, enfim parando todo o processo, sendo ele produtivo, industrial, mecânico, terciário, agrícola, comerciário, dizendo com poucas palavras, estamos aqui, chegamos, e queremos o reconhecimento ao qual não temos, portanto, vamos colocar as cartas na mesa, e vamos tecer uma conversa, trabalhamos, passamos meses longe de nossos filhos e esposa, nos vemos poucas vezes por mês. Portando vamos dizer o que queremos, não queremos nada do que não e nosso, apenas o que nos foi tirado. Não estamos falando em malas de dinheiro, compras de apartamentos caríssimos, nem de almoço de mil reais, estamos apenas querendo o que e nosso, para que tenhamos dignidade, juntamente com todos os nossos companheiros e família; não estamos obstruindo nada, a causa não e somente nossa, e, toda a nação brasileira, e do povo brasileiro, aos quais não são representados por quem deveriam representa-los, portanto queremos o que e nosso. Nos caminhoneiros, transportamos tudo e todo em nosso país, tudo ou quase tudo passa pelas rodas dos nossos caminhões, que enfrentam chuva e sol, diariamente, para colocar comida na casa do nosso irmão, no centro oeste, no norte, no nordeste, no sul e no sudeste. Portanto o nosso protesto e pacifico e ordeiro, não estamos agredindo ninguém, em nenhuma parte do território nacional, pelo contrario. Estamos sendo agredidos, por políticos incoerentes, empresários irresponsáveis, a mídia alienada e que só veiculam as mentiras, as quais são, do que lhes e habitual, pois vivem e respiram tais praticas, nunca as verdades! Tem interesses obscuros e inadequados, portanto usam dos meios ilegais, como, todos os poderes, desta nação, queremos justiça, não estamos cobrando nada que não seja nosso, queremos os nossos direitos, os seus deveres, e o respeito de todos os cidadãos para com a nossa classe. Todo o processo produtivo, começando pela matéria prima, processamento, armazenamento e comercio, sofrem os seus devidos reajustes de preços, ficamos no meio do caminho, sendo que tudo passa pelas rodas dos caminhões, mais esquecem se disto, pois os devidos reconhecimentos e alterações que precisam serem feitas, nunca são, e quando são feitas. São feitas de uma forma irresponsável, corrupta e direcionada para grupos e classes, as quais não nos representam, e que não se trata de um reajuste, mais apenas de uma pequena correção, que nunca atinge o corrigível, portanto precisamos de politicas serias, porque em curto prazo todo o processo de transporte do país, estará sucateado e os meios de logística de médio e grande porte, deixarão de existir, isto sem falar no pequenos, que já terão sidos extintos. Sendo assim não estamos quebrando, denegrindo, excluindo, bloqueando estradas, estamos apenas negociando, com as armas que temos, e já demonstrado que e uma arma com grande poder de fogo, deixando todos os estados da federação, em uma situação de dependência total, de nos caminhoneiros, não queremos utilizar munição pesada, portanto nos escutem, antes que seja tarde demais. Somos de paz, aprendemos apenas a trabalhar, e honrar nossos amigos, nossos familiares, e à todos os nossos companheiros, aos quais encontramos todos os dias pelas estradas de nosso belo país. Saímos cedo, nossa jornada e dura, presenciamos acidentes das mais variadas gravidades, as vezes nos envolvemos em acidentes de pequeno e médio porte, mas estamos todos os dias que Deus nos da, lutando, e lutando em prol da família, na nação e do progresso deste belo país, sempre somos excluídos de todos os atos, das vantagens, que são direcionadas à outros grupos e classes. Que acontecem em nossas comunidades, em nossas cidades, em nossas famílias, pela obrigação de não podermos estar presentes, sendo que estamos sempre ausentes, mais isto não e da conta de ninguém; pois precisamos transportar tudo através dos pneus de nossos caminhões, não estamos reclamando ou querendo reconhecimento, pela profissão que escolhemos, queremos apenas respeito e que nos tratem com dignidade, não estamos pedindo nada, queremos apenas o que e nosso. Precisamos que nossos pedidos sejam atendidos, pois estão totalmente desatualizados e ultrapassados, estamos pagando para trabalhar, e isto não e um estado democrático de direito. Esta causa e um causa nobre, a causa de todo o povo brasileiro. Somos todos caminhoneiros, precisamos mudar este sistema corrupto e ineficaz, não dando ouvidos aos alienados, e principalmente não dar ouvido a mídia alienada e corrupta. Isto não e uma luta, e uma manifestação contra o que se instaurou neste país, a inercia e um estado estático e ultrapassado, com pessoas despreparadas e ignorantes, que não são capazes de administrar nem seus banheiros, quanto mais um país do tamanho de Brasil, precisamos vencer esta estagio degradante, e vencer este estado estático, que sem compromisso com o povo, chega de tanto roubo e de todo tipo de desrespeito, que acontecem com tanta irresponsabilidade por parte dos ante dirigentes deste país. Lutar pelo coletivo e não pelo individual, os direitos para todos e todas. Motoristas brasileiros, o povo brasileiro, estarão todos interligados com a vossa causa, que e nossa causa, que e a causa do Brasil, e uma questão de ordem e progresso pro Brasil, que não merece o estado atual, que e a desordem e dês progresso. Precisamos vencer este estado de regressão em nosso país. Porque temos que pagar um preço, ao qual não nos pertence, já pagamos altas cargas tributarias neste país, ao qual não somos responsáveis, somos responsabilizados pelas irresponsabilidades de outros, aos quais não trazem nenhum beneficio para a nossa pátria, vamos mudar esta historia, chega de pagarmos o que não devemos, precisamos estancar esta sangria, ela não nos pertence. Somos gente honesta, trabalhadora e que cumprimos com os nossos deveres, porque não, presidente, senadores, deputados, juízes, desembargadores, e demais funcionários públicos dos altos escalões, porque o povo precisa paga-los, precisamos de uma reforma urgente neste país, sem políticos, sem militares, sem forças armadas, sem força nacional, sem policia federal. Precisamos tomar de conta do que e nosso, o país pertence ao povo brasileiro, não à meia dúzia de pessoas do mais baixo calão, as quais não nos representam, buscam somente os seus próprios interesses e dos seus, familiares, amigos e aliados, brigam como cães e gatos, mas comem no mesmo coxo. Sendo que esta e a hora de todo o povo brasileiro se unir, e mostrar sua força, esta força vencera a força contraria dos poderes deste país, sendo que esta força contraria dominante, não domina nada, já ficou provado nos atos assistidos pelo mundo inteiro, no Chile, foi desta forma, ou os representantes nos representam ou não. Já esta mais que provado que todos os poderes representam apenas seus interesses e dos seus. E chegada a hora, não temos mais tempo, ou agiremos ou o nosso futuro estará totalmente comprometido, com a ineficiência e irresponsabilidade da força contraria, vamos que a hora chegou, não temos tempo. O povo requer o que lhe e de direito. O desejo de uma nação inteira e maior que meia dúzias, de oportunistas e ante brasileiros, que estão unidos pelo seu bem comum, e não o bem comum de todos, são individualistas e todos interligados com o grande capital especulativo e dominante deste século. Vamos a luta a vitória e nossa de nosso país e de todo o povo brasileiro, que busca aos interesses do povo brasileiro, e não os interesses individuais. O povo e o único que tem compromisso com o povo, portanto o povo precisa se unir, em prol de seu objetivo, sendo que o seu objetivo, atingira a todos os brasileiros, diferentemente dos poderes desta republica que lutam somente por seus interesses, sendo que foram delegados para atender os interesses de todos os brasileiros, o povo não tem saída senão a união do povo brasileiro, contra os poderes, pois os poderes não tem compromisso com o povo, somente o povo tem compromisso com o povo, vamos sair as ruas, e lutar por todos os brasileiros, que unidos serão fortes, e com toda certeza, deste momento, à começar hoje, tendo como objetivo a vitória sobre todo mal que nos assola, venceremos o mal dos poderes, implantados na republica federativa do Brasil, vamos o Brasil, pertence aos brasileiros, e somente os brasileiros pertencem ao Brasil. Os caminhoneiros precisam do Brasil, o povo trabalhador que e a base da economia deste país, o Brasil precisa deles, porem os demais estão descartados. A barbárie que à aplica, não são, do Povo de bem, nem dos caminhoneiros, e sim os poderes que podem ser descartados. Avante Brasil, juntamente com o povo de bem e trabalhador e os caminhoneiros, somente estes bastam. Os demais poderão esperar pela próxima oportunidade, que em breve vira. Precisamos nos unir em prol de uma vitória completa para o Brasil e o povo brasileiro de bem. A nos povo do bem, estaremos unidos, pelo nosso país, seremos contrariamente, aos poderes que buscam somente a destruição da base econômica do Brasil, estes tipos precisam ser expurgados e descartados de quem não tem comprometimento com o nosso país.

Um corpo, estendido sobre o asfalto escaldante da hora.

Como entender o ser humano, todos irmãos, todos unidos, todos amigos, todos compreensivos, todos amáveis. Passei à pouco por uma destas avenidas largas das cidades de belo país, que e governado por incompetentes e irresponsáveis. Um dia nublado, como alguns do mês de maio. Passo e vejo um corpo sobre o asfalto, ainda com vida, aguardando pelo socorro, que sempre vem, talvez um pouco atrasado, pela demanda que lhe e imposta, pelos governantes incompetentes e irresponsáveis. O que não e compreesivel, e um ser no seu conforto de seu carro, com ar condicionado, ar quente para os dias menos quentes, não respeitar um ser em uma situação menos confortável, e que talvez esteja correndo contra o tempo para o seu trabalho ou seu lar.
Sempre fui informado por cursos ou profissionais de transito, aos quais tenho o maior respeito, por sua contribuição a sociedade, tão necessitada e sem nenhum respaldo, ou ajuda por parte de todos os governantes incompetentes e irresponsáveis. Não são todos os agentes de transito, mais, como toda sociedade, aglomerado, clãs, etnias, classes, coletivo, ou mesmo no individual, existem, pessoas, que se preocupam com o seu próximo. Portanto se um cidadão no conforto do seu veiculo, num dia quente ou frio, por que não dar a preferencial, à um veiculo menor, no caso uma motocicleta. Como equacionar uma questão não tão seria, mas com uma complexidade de alto grau. Sendo que as normas, as leis, os procedimentos, à ordem, nem sempre e cumprido, os agressores, o que desrespeitam, tais leis, normas, procedimentos, nem sempre lhe e imputada, as responsabilidades de fato. Um corpo caído no chão, muitos dizem e dai? Nem sempre nos importamos com a questão do outro. Simplesmente! E dai! Não queremos saber da questão do outro isto e bem verdade, à nós, nada importa, sobre o outro. O que deve saber sobre este individuo, talvez não seja gente de bem. E bem mais fácil julgar, excluir, transferir a responsabilidade pelo ato praticado, a um ser menos importante, que à própria sociedade, ou mesmo o próprio estado, nunca se fez presente, para este ser. Um excluído total do sistema. O cidadão no conforto do seu carro ou lar, a ele sim! Este precisa ser protegido e de maneira nenhuma, ser responsabilizado por nada. “Facil pisar na formiga, difícil mesmo e pisar no elefante”. O corpo caído no chão, ainda continua esperando pelo SAMU, que com certeza, tem outros corpos espalhados pelas cidades deste belo país, governado por incompetentes e irresponsáveis. Um homem, negro, trabalhador de classe baixa, morando na periferia, de alguma cidade deste belo país, governado por incompetentes e irresponsáveis. Uma vitima sem nenhum credito, ou que mereça respeito ou mesmo um cuidado melhor, do jeito que estar, já esta muito bom pra ele, vai sair daqui no SAMU, será encaminhado para o pronto socorro, será medicado e vai ficar talvez um mês sem trabalhar, de boa. Diz alguém, que como sempre e conivente com o real causador do acidente. Uma pessoa que não merece credito, e com certeza e conivente, com os governantes incompetentes e irresponsáveis. Procuro saber alguma coisa sobre o corpo, que ainda continua deitado no chão. Descubro que e um trabalhador de serviços gerais, que teria trabalhado cerca de quinze horas, pois sua esposa esta gravida do quarto filho, e as coisas estão difíceis para ele e sua família. E que mesmo na condição atual, não pensa em seu estado físico, mais sim no da sua esposa gravida do quarto e filho e em seus três filhinhos, sendo, que ao me falar isto o socorro chega, falando com o comandante do SAMU, ele me relata, que estava do outro lado da cidade prestando socorro à um acidente de carro, e que fora o recolhimento deste cidadão que estava neste local, já tinha mais duas chamadas urgentes, falei pra ele e os outros carros desta unidade, não podem ajudar o senhor nestas urgências. “ele respondeu, tem três unidades como esta, que estão na oficina, faz dois meses”. Como entender, como proceder, o que fazer, como fazer. Com este belo país, governado por incompetentes e irresponsáveis.; o cidadão foi levado para o pronto socorro, o outro cidadão que estava em uma condição mais confortável também foi atendido, pelo seguro do seu carro ao qual tinha ligado, e os mesmo chegaram quase juntos; SAMU, e seguro, acompanhei o cidadão fazendo o seu relato, de uma forma desumana, desrespeitosa, com requintes de crueldade, pelo que entendi, à vitima, em sua totalidade, era este cidadão que estava no conforto de seu carro, e com um grau de segurança muito maior que o do motociclista, então como entender o ser humano, o que fazer com o ser humano, “há uma forma de recicla-lo”, talvez se aproveitem algumas unidades, ou será que se dará perca total, (PD), como entender as leis, que protegem quem não precisam, basta ter alguns numerários, e tudo estará resolvido em favor do agressor, do mal caráter, do ser que não e um ser. Onde iremos chegar, qual será o porto seguro, ou não haverá porto seguro. Sendo que estamos todos no mesmo barco. Como proceder, para onde josé, como seguir, ou vamos todos parar. Mais se pararmos, o que será de nos! Existe uma luz no fim do túnel. Ou nem existe túnel, mais a vida segue, e à nós simples mortais, e sem a presença do estado, aquele estado, governado por incompetentes e irresponsáveis. Todos nos precisamos dar mais um passo. Sendo que navegar e preciso, não podemos parar, somos como bicicletas, se pararmos, vamos cair. Portanto à todos nós, que à cada manha, saímos de nossas casas, para enfrentarmos as batalhas do dia a dia. Precisamos recorrer a mais que um estado, governado por incompetentes e irresponsáveis, precisamos recorrer a mais que os seres humanos, que estão em suas zonas de confortos, à nós! Simples mortais. Só nos resta recorrer à uma força superior à tudo o que existe. Precisamos recorrer à Jesus. Somente ele e a mais ninguém. Todos estão alienados e subservientes ao sistema e aos governantes, incompetentes e irresponsáveis. Ao povo deste belo país, a saída e a união, e o enfrentamento, para tomar a força o que lhes pertence.

A grande cartada, que fechou com xeque mate.

Um povo ordeiro, sem maldade, sem rancor, sem paz, sem amor, um povo sem nada! Vitima de uma classe hipócrita, egoísta, sem caráter, sem pudor, sem amor, sem classe, sem condições nenhuma de dirigir nem a limpeza de seus banheiros totalmente sujos. Portanto este povo tem em suas mãos uma oportunidade única, de libertação, de livramento, de ter suas vidas em suas mãos, de ter o controle dos seus, e de tudo o que lhes pertence, um povo que acordou, e que não dormira mais, até que seja devolvido, tudo o que lhes pertence, o controle de suas ações, seus direitos, seus deveres para com toda a sociedade, que cada membro pertence, trazendo novamente vida e vida com liberdade, com paz, com amor, com direitos, com deveres, comunidades com o controle de seus atos, cidades medias, com o controle de suas ações, cidades grandes com o controle de seu desenvolvimento, metrópoles, com a direção de seus caminhos, juntamente com todo o sistema operante de pequenas e grandes vias, trazendo um progresso um desenvolvimento para tudo e todos, em proporções de grande alegria para um todo e para todos. Um povo que aprendeu com os erros do passado, e que não aceitam mais a covardia e apoderamento de todos os segmentos de um sistema, onde os lobos se juntaram para festejar e repartir os despojos de uma batalha, covarde, desleal, desumana, de baixo calão, como e o agir de todos os poderes, que andam na contramão deste povo ordeiro, honesto, trabalhador, puro, gentil, amoroso, amável, integro, bom. Que foi usado por todos esses dias, por classes politicas, de todos os escalões, juízes, de todos os escalões, desembargadores, de todos os escalões, funcionários públicos, de todos os escalões, sendo que são; maus, desumanos, covardes, mal caráter, sem pudor, sem respeito, sem todas as condições mínimas, de um ser humano, de baixo calão. Portanto, o povo, precisa urgentemente, se organizar, se agrupar, se unir, contra todas as mazelas, que existem em todas as unidades da federação, para tomar o controle das mãos das tais mazelas, que ora, se instalaram e se uniram, protegendo se todos os que fazem parte de todo o tipo de subtração, onde os tais lobos, independentemente do escalão em que se encontrem, usurpam sem piedade, saqueando, roubando, extorquindo, debandando, escondendo, os recursos desta gente ordeira e gentil, à qual não aprendeu a se defender, destes lobos devoradores, que já amanhecem buscando a quem possa tragar, só se satisfazem com o mal, sendo que todas as obras deles, individualmente e coletivamente, juntamente com todos os seus. São de péssima qualidade, se alegram com os maus procedimentos, amam a mentira para encobrir suas mas obras, matam milhões de seres indefesos e inofensivos, praticam todo o tipo de maldade, tudo o que e mau, todos eles praticam, sem se importar, com o seu vizinho, a pessoa que esta do seu lado. Portanto a esse povo gentil e ordeiro, só resta uma saída, apenas uma luz no final do túnel. Tomar de volta o que e seu. Serem empossados em seus verdadeiros cargos, de detentores do direito de fato. Trazer a paz, o controle, o amor, a amizade, o respeito, o pudor, tais coisas que foram perdidas com a inclusão dos tais lobos de todos os poderes, pelos detentores do direito de fato. A hora e esta, na próxima oportunidade, esse povo gentil, não poderá passar esta única oportunidade que hora estará em suas mãos, sendo que outra oportunidade, na atual conjuntura, em que se encontra o nosso belo e sofrido país, demorara um tempo longo, para um ajuste, ao qual será necessário fazer; a nossa hora chegou, vamos nos unir, tomar de volta o que e nosso, expulsar, todos os lobos existentes nos poderes, e uma chance única, talvez não teremos outra. E a ultima cartada, e o xeque mate, portanto, precisamos nos unir em prol de um bem maior, que e a nossa pátria, nossos filhos, nosso povo, o limite do limite, já se passou a anos, não temos mais o que esperar, vamos rumo norte, a vitória, que será nossa com toda certeza, o que precisamos e de mais brio, entre nós.

Para onde iremos nós! Sem um líder forte, honesto e corajoso.

O que fazer, para onde ir, todos os seres sem rumo e indo pra lugar nenhum. Assim somos todos nós que estamos a mercê de um sistema e de um líder sem liderança, sem apoio, sem caráter, sem moral, sem voz, sem comando, sem nada. Portando para onde iremos nós sem liderança, sendo que a nós foi imposto a servidão, de uma forma à qual as correntes são reforçadas à cada dia, pela opressão e falta de tudo. Uma multidão indo pra lugar nenhum, alguns buscando seus próprios interesses, inerentes e alheios à vontade da maioria, uma minoria que buscam seus próprios interesses e deixam à margem da marginalidade uma totalidade, sendo que o seu percentual e igual ou superior a noventa por cento. O que fazer, como proceder e demandar uma saída, uma válvula de escape, uma solução para à maioria, que vem sendo dominada, por uma minoria, mal, covarde, inescrupulosa, sem caráter, sem nada, buscando o sol apenas, para a burguesia e todos em sua volta, deixando de lado a totalidade, que vem sendo excluída, sendo que a acepção, vem sendo praticada, desde de os primórdios da civilização, e nestas ultimas horas, tendo uma crescente e ascensão, de ordem global, sendo imposta pelo péssimo administrador deste sistema, sendo que o mesmo esta com os seus dias todos contados, sendo que desta forma trabalha em uma jornada ininterrupta para garantir arrebanhar uma quantia de seres, os quais estão indo pra lugar nenhum, sem a preocupação do preço a ser pago por cada ser, o qual sera cobrado e cada ser terá que pagar esta conta, não lhes sendo imposta à quitação desta divida, onde não haverá como buscar direitos, sendo que tudo o que cada ser fez, não lhes dará direito a um merecido credito, assim sendo os débitos que são muitos, precisam ser zerados, mas como proceder, se em uma contabilidade, para haver um fechamento de um operação, há necessidade de ter receitas, para que se possa zeras as despesas, como uma conta fecha, sendo que o ser só terá debito, e nenhum credito para contrabalancear a operação, só se fecha uma conta quando o ser tem créditos, havendo débitos, sera feito um fechamento, pra mais ou para menos, assim sendo a conta esta mais próxima de um acordo, ou firmamento de um pré acordo. Assim sendo como proceder em uma conta totalmente negativa em sua totalidade, sem haver créditos, sendo que na sua totalidade, os seres, não se preocuparam com tal fechamento de conta, mas, ninguém será tratado como inocente, sendo que contas vencem. Um dia chegara o cobrador na porta, e naquele dia, será feito um acerto. O cobrador, vem para receber o que lhe e de direito, o devedor, terá que pagar, sendo que alguém assinou a nota promissória, de nada adianta reclamar ou se mal dizer, ou culpar alguém, ou mesmo assim transferir a responsabilidade, de nada adiantara, pois o dever o do devedor e pagar, o direito do cobrador e receber, o que lhe pertence. Ainda resta tempo, para conseguir créditos, antes que os da noite, venham, porque temos que trabalhar na jornada diurna, e não na noturna, sendo que à noite ficou em sua totalidade, para descanso. Portando vamos adquirir tais créditos, sendo que o dono em breve virá, e fara um acerto com todos os seres, busquem adquirir o que e correto, não troque o que e correto pelo o incorreto, de nada adianta tanto trabalho. Sendo que os verdadeiros créditos não lhe serão acrescentados. Portanto os dias que se aproximam, nos farão, rever conceitos, quebrar paradigmas, fazer consertos, pedir desculpas, perdão, procurar acrescentar, somar, multiplicar, sendo que nada adiantará, o construtor chorar, por ter perdido a construção que foi edificada, em lugar improprio. À este construtor só lhe restara, reedificar novamente a construção, sem fazer nenhuma reclamação, ou mesmo cobrança indevidas, sendo que ele e o principal responsável, pela edificação do empreendimento, que ora foi alvo da própria irresponsabilidade deste construtor, que fez a edificação, talvez nos padrões mas em lugar improprio. Desta forma estejamos todos nos preparados para a reconstrução de uma nação, porque não dizer país, onde os construtores, em sua totalidade fizeram todos os procedimentos impróprios, os quais se deveriam, fazer. O preço, quem pagara! Esta conta, será enviada para cada; casa, apartamento, rincão, de leste a sul e de oeste a norte, deste país, onde cada ser que tem sua sede estabelecida, em cada unidade de federação, instituídos em seus mais de cinco mil municípios. Receberão estas contas para fazerem suas devidas quitações, onde mesmo sem credito, sendo que não praticaram tais atos de irresponsabilidades, terão como dever, fazer as devidas contas fecharem. Esta brava gente brasileira, terá uma única chance de mudar todo este estado ineficiência, vencer o estado estático e degradante, em que se encontra o nosso país, neste mês de novembro de dois mil e dezoito. Somente com a união, perseverança, esforço, lutas, obterão a vitória, para dar um rumo ao nosso belo país, que sangra, por atos de vândalos que se infiltraram nos poderes deste belo país. Vamos a luta brava gente brasileira, somente com a união deste povo forte, honesto e trabalhador. Expurgaremos todos os ocupantes dos poderes deste belo pais. A todos nós, gente de bem e trabalhadora, chegou a hora de vencer tudo o que e contrário, que ora subtraiu o comando deste belo país, e somente um povo forte, unido, organizado, vencera todas estas facções que estão sugando o nosso belo país em todas as unidades de federações à mais de vinte, cinquenta, cem anos, oligarquias, coronéis, que fazem uso do que não lhes pertence, em prol dos seus e de toda a corja, que lhes cercam. Reage Brasil, você já passou por portugueses, espanhóis, franceses, italianos, japoneses, ingleses, americanos; de todos você saiu vencedor, portanto vamos a vitória final, expurgar à todos os corruptos em sua totalidade hoje em mais de cem por cento, e repatriar todos os recursos subtraídos de ti, o Brasil amado? Para ti! Pátria Mãe, e para o sustento de teus filhos.

O sistema se opondo? Ao detentor do direito de fato!

Oligarquias, traçando uma direção contraria ao poder de fato estabelecido, onde cidadãos de bem, ficam na contramão do seu direito, ora estabelecido pela carta magna do país, a intransigência de políticos corruptos, onde em sua totalidade se instaurou em nossa pátria, sendo que vieram pelos mares, de onde foram expurgados de sua pátria, onde com suas artimanhas e mentiras, roubando a inocência de um povo nato e sem maldade, foram estabelecidos para um domínio temporário, sendo que os mesmo impuseram suas mãos sujas e com suas mentes malevolente, subtraindo uma pátria inteira das mãos dos reais donos do poder! O gigante adormeceu com o poder e acordou sem o mesmo, e pior com perda de seus reais direitos, onde oligarquias e políticos trabalhando na calada da noite, também subtraíram os direitos que hora este povo bom, adquiriram, após séculos de lutas e sangue, tirando os fragmentos dos seus direitos das mãos monárquicas e oligárquicas de um passado distante, em contrapartida, as oligarquias e os políticos corruptos, se uniram para quebrar toda a ordem que à séculos foram estabelecidas, restando ao povo bom e honesto, restos do fragmentos, que seus ancestrais, conseguiram com muita luta e sangue. Somente a união deste povo bom e honesto, contra toda a imposição e maldade das oligarquias e toda a classe politica e empresarial deste belo país, para quebrar todo o retrocesso de anos de desgovernos, ora implantados pela falta de sabedoria deste povo bom e honesto, que se tornou; refém dos lobos, os quais sempre vieram e vem, vestidos de cordeiro. O povo bom e honesto, cresceu em sabedoria e entendimento, já e hora de dar um basta; na regressão dos últimos 700 anos, dar uma nova cara para este belo país; que sangra a mais de sete séculos. Rumo ao século vinte e um, sem as mazelas do passado, não seguir exemplos de unidades da federação, que sangram a mais de cinquenta anos, um povo sem futuro e sem cultura, sendo que para os coronéis e pros seus, isto e um paraíso, que o Brasil do século vinte e um, tenha menos discursos, e que o gigante povo brasileiro, de um trezentos e sessenta grau, neste belo país, onde seus descendentes, tenham um futuro! não somente os filhos dos grandes industriais, não somente os filhos dos grandes, do agronegócio, não somente os filhos dos políticos, não somente os filhos dos desembargadores, não somente os filhos dos juízes, não somente os filhos dos promotores, não somente os filhos das grandes oligarquias, não somente os filhos da raça ariana, mas que o povo brasileiro, renasça das cinzas dos últimos acontecimentos deste belo país, onde foi mostrada a cara dos tais, para todo o belo país e todos os continentes deste planeta. Que tenhamos um país, com mais prisões para políticos, promotores, desembargadores, juízes, empresários, industriais e todas as grandes oligarquias, instauradas neste belo país. Que assim haja um equilíbrio, nos presídios deste belo país, onde hoje encontramos na sua totalidade, enquadrados, segundo o sistema, pessoas em processo de ressocialização, pessoas excluídas desta sociedade hipócrita, desumana e covarde, os sem condições de nada, que vivem à margem da marginalidade e exclusão. Sendo vitimas de todos estes segmentos. Que tenhamos um país com igualdade de direitos e deveres, onde os poderes façam o seu papel, em prol da nação, não em prol de seus benefícios, se intercalando na defesa dos interesses de poderosos e grandes grupos de ordem nacional e internacional. Onde são canalizados recursos de cifras jamais alcançadas pela base, para grupos que detém um poderio nos poderes da nação e nas unidades de federação desta nação. Esta na hora destes cento e vinte milhões de brasileiros, assumir o controle e expurgar todas as mazelas deste belo país, assumir, delegar, direcionar e por ordem, para que o progresso, volte à fazer o grande gigante adormecido, vencer a inercia dos últimos trinta anos, onde esteve em estado estático e pausado, como uma anestesia de grande proporção, à qual, fez o gigante, adormecer. O Brasil que queremos? Esta ao nosso alcance; com a união e cooperação, chegaremos ao nosso objetivo, vamos dar um basta a regressão, nosso objetivo como futuro, e uma limpeza geral dos poderes deste belo país, nas unidades de federação e no distrito federal. Só desta forma, os jovens, deste belo país, terão um futuro, e a esperança de dias vindouros, sem as mazelas contemporâneas, as quais vivenciemos nesta triste realidade, VAMOS A LUTA! Vamos fazer acontecer. A Ordem e o Progresso, nos esperam, num futuro próximo e que tenhamos dias melhores, para nos orgulharmos, que o patriotismo nos ilumine e guie.

DEPOIS DA ONÇA MORTA? TODOS ATIRARAM!

Após a incapacidade de defesa de um animal abatido, e bem fácil, tornar-se o autor do ato praticado, porem somente os seres de uma elevação acima da media, reconhecem e respeitam o ser abatido, sendo que a maioria dos demais, uma grande parcela dos seres humanos, não teem este pre requisito, a nos simples mortais, devemos apenas ignora-los, sendo que o nosso tempo e demais de precioso, para perdermos tempo com tais irracionais. O respeito aos seres independe de cor, raça, gênero, posição social, credo, religião, os seres humanos, perderam parte ou total, de sua capacidade de reconhecimento, quanto à um ato praticado ao seu semelhante, porem muitos buscam um reconhecimento individual, desprezando o sofrimento do coletivo, apenas para se tornar conhecido ou reconhecido, segundos de uma gloria, que mais parece uma nevoa de um lago, próximo ao final da tarde! Onde foi parar o amor, o respeito, a dignidade, o perdão, o amor, aquele algo mais que diferencia todos os seres humanos, dos demais seres, sendo que nos últimos dias, os animais irracionais, estão mais próximos e preenchendo estes requisitos, do que todos os seres humanos. Uma morte uma vida ceifada, se torna uma batalha entre os tais seres, pra ver quem faz um enegrecimento maior daquele, que não pode se defender, e os seus com suas forças reduzidos, apenas lançam um olhar, sem entender direito o que esta acontecendo, nem como esta acontecendo, ou seja o abatido, sendo esfacelado, por uma grande parcela, dos tais que deveriam ter o mínimo de respeito, ser digno ao momento do acontecimento. Lembrem-se ninguém esta aqui de passagem ou porque e melhor que seu semelhante, todos estão aqui fazendo um plantio, se o plantio do meu vizinho e pior ou melhor do que o meu, não me cabe fazer nenhum pré julgamento, ou julgamento, sendo que estou no mesmo barco que o meu vizinho, apenas devo seguir o meu plantio, com tudo os seres deste dia, independente de posição social, quanto ao abatido, lançam lhe todas as suas injurias e suas mas intenções, seus fracasso, suas discórdias, seus mais diversos problemas, os quais não conseguem solucionar, porem desta forma e mais fácil transferi los, para quem não tem o mínimo de força, par se defender, quanto hipocrisia, destes seres, “e fácil pisar na formiga, porem no elefante, este ato são apenas para os fortes, e poderosos, não tendo este privilegio à grande parcela dos tais seres., portanto, antes de apontarmos os nossos dedos, precisamos fazer uma grande reflexão: “Eu sou superior ao meu irmão, tenho autoridade sobre a minha vida ou meus atos, sou infalível, estou acima de todos os sistema, quem sou eu, para fazer julgamentos”. Tarefa difícil, este reconhecimento e apenas para os fortes e inteligentes, requisito que não esta ao alcance dos noventa porcento da população mundial. Nada contra os julgadores, mas, só lembrando, todos que aqui estão, neste sistema, tem o seu prazo de validade, e quando chegar o vencimento, não tem rico, pobre, preto, gênero, credo, todos receberão conforme seus créditos, os que possuírem, e os débitos, precisarão ser equacionados, numa conta em que esta o credor e devedor, para um acerto, o devedor precisa quitar seus débitos, o credor, precisa receber os seus créditos, portanto, a conta somente fechara com um acordo, do que está certo, ou foi acordado, um dia antes. Não nos cabe atirar pedra em ninguém que esteja com os seus ventos de sopro em suas narinas, muito menos quem não tem este sopro de vida, que lhe foi tirado. Muita calma nesta hora, para não cairmos na mesmice, porque fácil e dizer que atirei na onça, sem tela feito. Um dia, chegara sem que ninguém espera ou espere, que haverá um acerto. E de nada adiantara dizer; mas eu atirei na onça sem telo – feito, neste dia à verdade vira, e os que pregam o contrario, neste dia ficarão em uma situação incompleta e sem uma defesa, sendo que o fez durante um período, foi o que não acrescenta, neste dia a verdade vira, por enquanto aqui neste sistema, não existe esta verdade, portanto muito cuidado, se for apontar o dedo faça com o mínimo de responsabilidade, sem trazer mais malefícios para os demais, que não tem culpa de certos atos praticados, por.

NO MEIO DO CAMINHO, TINHA UMA PEDRA!

O poder do discurso, que influencia, fazendo escravos e subservientes, tornando-os presas fáceis, desde os primórdios da civilização, grupos primitivos e não primitivos, os quais seguem uma direção, onde quem esta no comando, dita as regras, não aceitando discórdias, nem contradições, à seus ideias.
A politica escraviza e tornam cidadãos dependentes, onde os interesses de poderosos, são atendidos desta forma, não dando chance aos menos esclarecidos, que se tornam escravos e dependentes de um sistema, onde os direitos tendem a ser direcionados apenas para um lado desta sociedade, já os deveres, não seguem o mesmo caminho, onde se criam um distanciamento grande, entre os que detém o poder, sendo que esta transferência de poder, nem sempre trarão beneficio individual ou coletivo, sendo que todos os benefícios, não lhes pertencem. Sendo canalizados todos os meios e lucros, que sempre tomarão a direção oposta do povo, tendo uma direção contraria ao povo. houve um direcionamento a privilégios e protecionismo a um grupo seleto de políticos, empresários, banqueiros e toda à elite burguesa, os quais sempre se protegem e lutam, sempre! por seus interesses e de seus partidos e grupos aliados. O regime militar, procurou, descentralizar este controle centralizado e canalizado, usados pelos sistemas políticos. Apesar da representatividade não tomar o rumo correto, sendo por imposição do sistema em poder, onde generais negociavam entre um grupo seleto e pequeno de pessoas, onde a representação, não seguia um caminho, o qual era democrático e de representação. Nestes sistemas o voto do povo de uma certa forma, não seguiu a dinâmica correta, onde o eleitor esteve no controle. Apesar dos veículos de comunicação, imprensa e mídias, mais o principal responsável pelo processo. Não opinou! Outro fator complicador, e a forma do processo democrático, onde são filtradas todas as informações, pros eleitores, eles não tem acesso as informações necessárias para fazer um rastreamento sobre o processo e os que estão envolvidos no processo, ficado sem controle sobre seus atos. “São meros passageiros de um sistema” Que são dirigidos por políticos e partidos. Em segundo lugar, para os eleitores que são fatores principais no processo democrático, não chega as informações negativas sobre um todo, chegam apenas informações de ordem positiva, onde há um caráter de influencia e condução de uma situação, onde alguém ganha e alguém perde, e, sempre quem perde e o principal responsável pelo processo democrático, que só saberá do verdadeiro acontecimento, quando não pode regressar a um estagio anterior. Os eleitores a serviço de grandes grupos, sendo vitimas de um sistema desigual e desonesto, em que sua única função e servir aos interesses de megacorporações e seus fantoches políticos. Usando assim um direito do eleitor para que sirva aos interesses de grupos e elites burguesa. No caso de vereador, contando com uma comunidade local, onde quase todos se conhecem, e buscam se ajudar, normalmente famílias, nas escalas mais altas, Governador, Senador, Presidente, há um jogo de interesses, onde os eleitores, são simples bonecos nas mãos dos mesmos, sem nenhuma condição, antes ou após as eleições, estes eleitos somente servirão aos interesses de grupos, oligarquias, empresas e megacorporações. O eleitor neste caso, passa a ser descartado, onde os eleitores dificilmente terão acesso com os eleitos, ficando sempre no impedimento, antes e depois das eleições, neste caso oligarquias e megacorporações, dão as cartas. O individual e coletivo, precisam ser disciplinados, para que as regras deste sistema, onde os pesos e medidas são desiguais, trazendo benefícios para grupos, os quais nem sempre se lembram, ou melhor há um descaso com o detentor do poder de fato, onde este poder e transferido, e em contrapartida não há equilíbrio nesta transação, ou neste acordo. As colônias e suas descolonização, que foram seguidas por grupos políticos trabalhistas e outros, os quais, acreditam estar numa posição superior, o egocentrismo nato, onde o outro, esta as suas ordens e aos seus interesses e dos grupos aos quais o politico pertence, não se importando com o outro, apenas aos seus. Há uma necessidade de reeducação em todas as bases deste sistema, começando pelos mais jovens, no sistema, uma reestruturação voltada para os interesses de todos, não apenas de grupos, corporações ou megacorporações, sendo que o poder e do povo, para o povo, existe uma inversão neste sistema atual. Que precisa ser debatido à curto prazo. Para que em médio prazo, não haja uma falência total deste sistema atual.

Todos os seres humanos, vivem de sonhos, é preciso, alimenta-los.

Onde esta Max, onde esta Lola, para onde Pietra vai. À vida como uma luz de um pequeno e antigo candeeiro, onde o seu querosene esta por quase no final, e vemos esta luz, do pequeno e velho candeeiro, quase se apagando, tentamos entender, esta lógica, que e a razão do inicio, meio e fim, não suportamos esta ultima parte, e a que mais nos distancia do racional. Como seguir este velho e pequeno candeeiro, o qual o querosene, esta por finalizar, e ao apagar deste velho e pequeno candeeiro, como segui lo, em uma noite de grande nebulosidade, à quem recorrer, sendo que estão todos debaixo do mesmo julgo. E ninguém e dono de nada aqui neste sistema, o qual todos, tem prazo para finalizar, suas atividades. Como seguir e qual direção seguir após o ultimo migalho de luz do pequeno e velho candeeiro, sendo que somos fracos e impotentes para as adversidades desta vida, aqui neste sistema impuro e cruel. Onde localizar este elo, o qual ficou parado em algum lugar desta trajetória, sendo que não há como retroceder, ou buscar uma ligação com o ontem, porque não se e dono de nada. Ao buscar as resposta para este feixe de luz, onde se inicia em um determinado grau e a cada dia, neste sistema, tende a diminui la, sendo impossível reativar com as forças de ontem, ao começar esta caminhada, como, não causar os mesmos descuido, de ontem. A busca do ser humano, por causas as quais não se podem alcança las, nos entristecem, mais a ordem e esta, e a nós, somente devemos segui las, à nós sempre será impostas, as regras, à nós, sempre será permitida, apenas. Dar prosseguimento. À nós simples mortais, não e dado este direito, temos que seguir a fila, não podemos parar. Porque conforme o andamento da fila, nos e impedido, de parar, precisamos continuar, muitas vezes nos faltam, forças, incentivos, palavras de conforte ou esperança, mais como não nos e permitido, parar, precisamos dar sempre, mais um passo, no sentido do extinto, muitas vezes rumo ao nada, sem direção, seguindo por seguir, conforme o andamento desta grande fila, que nunca para. “já dizia certa frase de uma musica, eu não posso parar, porque não tenho este direito”, andando sempre procurando este tal, porto seguro, o qual nunca encontramos, chegando; até, em nossa mente, imaginar, que o tal, não existe, são criações, de certos intelectuais, de um passado distante, somente para nos incentivar, a tal procura. Como a corrida do ouro. Ao qual muitos encontravam, o tal metal, mas com uma analise mais técnica, se verificava, que o tal metal. “era ouro de tolo”, a busca continuava, dia após dia, mês após mês, sendo que o tal metal, o qual tinha a origem e o quilate, próprio, jamais era encontrado. E a fila seguia, por muitos dias. A nos simples mortais, só nos resta! Olhar para a tal fila, que nunca para, então um dia, alguém olhará para a mesma, como nós olhamos hoje. E quando isto acontecer, então saberemos, que não fazemos mais parte desta grande fila, que nunca para, são acrescentados ou tirados dela, alguns indivíduos. Que serão substituídos por outros, e assim ela prossegue, como uma competição, onde o perdedor sai, e o ganhador entra, e amanha, este que foi ganhador hoje, será substituído por outro ganhador, e a tal fila, nunca para! Porque ela nunca tem em seu corpo, os mesmo elementos, sempre em um determinado período, são substituídos. E assim a fila segue, a vida segue, para alguns, outros não, sendo que ficam pela caminho, no decurso do percurso, e assim tudo se transforma, onde nesta transformação, são colocados elementos novos, e tirados elementos, novos de media idade ou mesmo de idade avançada, a tal fila não tem preferência ou paixão, por quem esta nesta grande fila, se analisarmos por este ângulo, ou lado, como queiram, a vantagem desta grande fila, e que ela, por não ter preferência por idade, cor, sexo, raça, etnia, clero, ela faz um nivelamento, de todo o ser, não colocando, ou separando uns dos outros, como fazem os homens na terra, que fazem esta separação, levando em consideração, ou usando métodos de avaliação e separação, baseados, no poder do tal. Que quando tem o sopro de vida, esta no topo da pirâmide, sendo tirando o sopro, e substituído por outro no topo desta mesma pirâmide. Assim sendo, à todos nós, que estamos nesta grande fila, independentemente, de classificação, vamos dar mais um passo. “não podemos desistir, porque, não temos este direito”. E a fila segue… (“Alimente, um cachorro, por três dias, ele será grato, por trinta anos. Alimente um homem, por trinta anos, ele lhe esquecerá em três dias”). Que ser racional, ainda assim prefiro os seres irracionais, são mais confiáveis e sempre poderemos contar, com eles.

Estou aqui pra aprender, Não para julgar!

São na sua totalidade os que julgam, uma grande parcela da humanidade parece que recebeu uma ordem de alguém para julgar, sendo que apontam erros a todo o instante. Sendo que são passivos de erros todos os seres humanos, nenhum ser esta acima do outro, todos estão numa mesma classificação, como proceder sendo que o errado julga o errado. Apontar erros e fácil, difícil e não comete lós, sendo que errar e humano. Este procedimento e uma ordem, que imposta a todos os seres humanos, todos estão debaixo do mesmo julgo. Porque um querer ser superior ao outro. Quando o sopro de vida sai deste corpo, todos que tem prazo de vencimento, precisa em um curto período de tempo ser colocado numa urna e a terra para a ser o seu cobertor. Este ser não existe mais como cidadão civil, ele passa a morar em um outro lugar, não tendo direito de mudança, não terá mais gostos e desgostos. Então porque esta irracionalidade deste ser, quanto ao seu semelhante, que esta debaixo da mesma lei. Como proceder para que estes seres vivam em armonia paz e mansidão, se respeitando uns aos outros. Qual passo seguir qual lei procurar, o que devera ser feito para que isto aconteça, sendo que todos os homens são maus, egoístas, avarentos, gananciosos, sem caráter, ambiciosos, e principalmente, desumanos, o que deveria dar exemplos aos outros animais, que são irracionais, são exatamente o racionais. Engraçado, que inversão de valores, o que pensa, perde em sua totalidade para o que não pensa. Quanta maldade deste ser. Que deveria ser uma elo nas boas ações da vida, protegendo os mais desprezados. Mais acontece exatamente o contrario, o cachorro não abandona o seu amigo, esse tal de homem. Porem o homem despreza e desrespeita o cachorro. Um animal que não pensa praticando o verdadeiro amor. Um animal pensante praticando o desamor. Precisamos aprender muito com os animais irracionais, eles nos ajudarão a chegar num denominador comum, um divisor de aguas. Onde os verdadeiros valores, perdidos pelos seres humanos, talvez! Num futuro a médio prazo, possam ser resgatados, em parte, ou em sua totalidade. Quem viver? Verá! À nós, simples mortais, ficamos a mercê da falta de tudo do ser humano, talvez um dia! Quem sabe? Resta uma luz no final do túnel, e que jamais, perdamos este túnel de vista, sendo que com esta perda, se tornaria irreversível, tal ato! Acreditamos em um elo de ligação do bem contra o mal, sendo que inicio era ato normal, precisamos rever valores, conduta, legalidade, a partir deste ponto, talvez encontremos, o caminho de volta, sendo que desta forma, viveríamos em união, paz, amor, mansidão, respeito, partindo do pressuposto que todos os animais, em seu habitat, se uniriam, em uma grande onde, de ajuda, no individual e no coletivo, de todas as espécies, que passam por este sistema. Vamos aguardar! Este revés, em sentido do correto e do puro.

Os sistemas de governo, contra o povo!

Helicóptero, cavalaria montada, policias militares e civil, amarelinhos, pás carregadeiras, caminhões, tratores, SAMU, Aguas Cuiabá, Energisa, todo este aparato, contra meia dúzias de descamisados e descalços, Sendo eles; Velhos, Mulheres e Crianças, que só querem ter direito a um pedaço de chão, “Um lugar ao sol”, coisa que o estado de direito, não lhes deu, nem dá. “E fácil pisar na formiga, difícil mesmo e enfrentar o elefante”. Destruindo sonhos mesmos que pequenos ou insignificantes para muitos, porém para estes pequeninos são sonhos de uma vida inteira. Este e o sistema opressor, que faz a exclusão social de grupos e classes. O descaso o desrespeito, a pressão contra os excluídos de um sistema covarde e opressor, que não protege os seus cidadãos mais necessitados, onde o menos protegido, são tratados como marginais, desordeiros, bandidos; os que estão à mercê do estado, onde este estado não os conhece, nem os vê. Um estado, através de seus segmentos, que, ao não fazer a sua parte, que e, dar direitos mínimos aos cidadãos, os tira, jogando-os à margem da marginalidade, sendo que estes buscam seus direitos, com as armas que tem, talvez de uma forma arcaica e ultrapassada, sendo que cada um luta com o que tem. Se o estado vem com todo o seu poderio bélico, para massacrar, intimidar, destruir, os desprotegidos e sem condição de nada. Sendo que foram abandonados por este mesmo sistema, que em sua totalidade e burguês e podre, protegendo os grandes e poderosos, deixando a sua grande totalidade desprotegida, desarmada, em todos os segmentos, deste estado burguês e opressor. Onde o que e certo, torna-se errado, e, o que e errado, tornando da forma que este estado burguês e opressor, quer. Sendo assim desta forma, deste de antes dos primórdios da humanidade, onde os opressores, coronéis, ditadores, e o próprio estado, sempre fez o seu belo papel. Pisar no mais fracos, e se acovardar para os mais fortes. Sendo que os poderosos dizem ao estado, o que eles querem, restando a este estado, apenas fazer o cumprimento. Não tendo nenhum interesse, pelos mais fracos, proletários, pobres, desprotegidos, e os que não tem condição de nada. Este estado desumano, age com toda a sua força, contra os menos favorecidos, tirando dos pobres e que não tem condição de nada, transferindo para quem não precisa; dinheiro, poder, terras, e as melhores condições para os que não precisam, e que tem condição de tudo. E chegada a hora de uma grande reflexão: “qual o interesse deste estado de direito, a quem ele serve, e para que ele serve” um estado que oprime e sempre desrespeitou, os que realmente precisam e que não tem ninguém por eles, somente forças contrarias, sendo elas, o burguês, o estado e todo o sistema, que deveria barrar, estas forças arcaicas e ultrapassadas, que não mudaram nos últimos cem anos, e não nos da esperança nenhuma nos próximos cem anos. O que fazer, a quem recorrer, como buscar uma solução, para o que não tem solução, enquanto reinar o homem mau. E sem amor, que apenas faz muitos sofrerem, e que uma minoria se alegra, com o sofrimento de muitos. Onde recorrer e a quem buscar uma saída, para esta atual conjuntura, que ora se instalou, neste sistema, ao qual não buscam soluções no coletivo, é sempre no individual, transferindo tudo o que e melhor para um seleto e pequeno grupo burguês, e que este pequeno grupo seleto tem a aprovação do estado burguês e opressor, que não protege os seus na sua totalidade, burlando leis, e não respeitando a carta magna deste país. Onde os escritos não são respeitados ou substituídos conforme os interesses de poderosos que tem o poder da caneta que mata e não ajuda, à quem e o interessado de fato, e muito pior os mais desprotegidos, e, que não tem ninguém por eles. Onde grupos se unem sem a aprovação de quem e detentor do direito de fato, e não tem o poder da caneta, que ora fora transferido, para um outro ser, ao qual enganou à muitos dos que não tem o poder da caneta, e, a usa contrariamente, contra o seu próprio detentor do direito de fato.

Nenhum ser humano, consegue mudar o passado!

Todos os homens são iguais, porem o plantio de cada um e diferente? uns plantam boas sementes, outros plantam sementes de media germinação, mais uma grande parcela destes seres; plantam uma sementes de péssima qualidade. Logo após este plantio, vem à colheita, muitos passam a se fazer de vitimas e fazem o que lhes e habitual, transferência de responsabilidade, isto faz me lembrar de uma frase que ouvi certa vez. “tutti buona gente, ma tutti ladri”. Todos querem ser bons, ninguém quer ser mau, porem quando temos a oportunidade de fazer as tais mudanças, uma grande parte não faz. Mesmo sabendo do que vem, já prepara o seu discurso, e faz se de vitima. Mas nem tudo no futuro e possível mudar. E possível fazer as tais mudanças no presente, para que tenhamos um futuro com o menor prejuízo possível, sendo que neste mesmo futuro, de nada adiantara as reclamações por feitos executados no passado, os quais sempre trarão grandes prejuízos ao individual e ao coletivo. No presente sempre será possível fazer todas as mudanças, porem no futuro de nada adiantará tentar, pois todos as tentativas serão neutralizadas pelos atos praticados no passado. Enquanto há vida, sempre haverá esperança, sendo que após à finalização da respiração, nada mais será possível, sendo que este ser, não existira mais, nem civilmente, e muito menos como um ser que dependerá totalmente de uma força superior, para fazer as devidas transformações as quais serão de extrema necessidade, para os próximos passos, não aqui neste sistema, que já terá findado ou finalizado a sua historia, mas para uma vida plena e reta e correta. Onde o ser, precisara preencher requisitos, sem os quais, não fará parte dos graduados, pós graduados, doutorados, PHd, e por ai vai; procure fazer a sua parte, sendo que as transferências futuras, não lhes dará, ou melhor, não lhe imporá condições adversas ou contrarias, as quais, dificultará a transferência. Alguns constroem muralhas, outros cercas de arame, e muitos colocam pedaços de madeiras em circulo, todos no seu mundo, achando que estão protegidos e que nada lhes alcançarão em algum prejuízo ou perda. Mas são todos tolos! Porque a verdadeira proteção não vem do homem. Muitos buscam alargar seus horizontes, poucos se colocam na posição de conforto, e alguns ainda mantém a sua posição estática, ou de pequena força através do vencimento da inercia. Mas todos mantém suas esperanças em uma força menor, à qual não poderá fazer nada pelo futuro, ou mesmo mudar este futuro. Sendo que o passado, ou mesmo o presente não foi vencido este estado estático, através de um pequeno esforço de vencimento da inercia, através de uma força contraria para um plantio, onde não haverá uma ceifa futuramente. Então o que esperar! Não muito, sendo que o tempo passou e não foi lhe aplicado, o fator necessário para quando a necessidade chegasse, buscar no cofre os créditos, que não lhes serão dados, sendo que; na busca destes créditos, foram encontrados somente, débitos. Uma parcela mínima dos seres, buscam através da graduação, vencer este estado estático, para passar a classe, onde parece inatingível, sendo que pro proletário, tudo e possível, sendo que os degraus serão direcionado, não por mãos de homens, mas por uma força superior, um ser onde os que, os débitos sobrepõem os créditos, precisam fazer um empréstimo, não em bancos de homens, mas em um banco, onde poucos tem acesso, sendo que todos tem este direito, porem os requisitos impostos aos seres, não são compridos, e desta forma muitos saem da lista, e procuram os meios, onde parecem ser mais fáceis, porem as voltas são muito mais longas e complicadas, trazendo, dificuldades e malefícios, aos seres que a buscam de uma forma contraria, sendo que o inicio e o inicio, e muitos começam pelo fim, desta forma. O que lhe e imposto, e uma retração de ordem superior, onde o caminho, onde deve ser feito esta correção, e muito estreito e com vários níveis de dificuldade, um preço onde uma parcela grande dos seres, não estão dispostos à cumprir. Sendo de uma facilidade sem extremo, pois teremos uma força grande e infinitamente, onde tudo será ponderado e ajustado.

A união do coletivo e do individual, através do matrimonio.

Desde de ontem, civilizações que hoje não estão mais por este sistema, já fizeram suas alianças com outros povos, e esta união, se deu através do matrimonio, entre clãs, no individual e no coletivo. Através desta união de seres de sexo diferentes, trouxeram amizades entre povos civilizados e não civilizados, alavancando o elo da amizade e da união, trazendo paz entre povos e nações, de ontem e de hoje, sendo que são praticadas as mesma alianças na modernidade, trazendo união entre inimigos e amigos, quebrando paradigmas, fazendo alianças entre famílias de varias classes e das mais variadas entidades globais, trazendo com esta união, um elo perdido da chamada família moderna. Com seus problemas equacionados através do elo da aliança de união de uma família com outra. Quebrando barreiras, contendas, intrigas, deixando as mazelas do inicio, para um outro tempo, anterior ao moderno, unindo classes, raças, credos, cores, religiões, e tornando familiar todas a raça humana, em seus primórdios anteriores, e superiores, acrescentando o novo ao velho e ligando o ontem ao amanhã. Com isto trazendo paz, harmonia e desta forma unindo laços que ontem estavam desligados por mazelas dos dias anteriores, fazendo um acordo, quebrando problemas passados aos quais pareciam intransponíveis, ora ligados ou transpassados, pela união de famílias, as quais guardaram suas armas, e blindaram a um presente de paz, feito através da aliança do casamento, de seres, de um clã e outro. Unindo sangues que antes jorravam por mãos que não se importando com o sua irmandade ou amizade, ora adiquirida por meias mais maleáveis, atualizando um passado sangrento e de pouca paz. Com este acordo, houve mudanças e benefícios, não somente para grupos, mas principalmente para o individual, sendo que casais com uma carga avantajada em seu perímetro, pode dividir esta carga, repartindo em proporções iguais, tornando menos pesado o seu fardo. Que apesar das duas partes terem um problema estrutural e logístico, pode direcionar parte dos créditos e débitos, dividindo e equacionando as perdas e lucros, desta forma houve um ganho para todos os envolvidos nos ativos e nos passivos. Trazendo benefícios no individual e no coletivo. Famílias desfragmentadas, puderam se reorganizarem em meios a acordos e alianças feitas de uma forma clara e objetiva, sem deixar parágrafos, ou adendos para tras. Fazendo um ajuntamento de ordem natural e com aceite por ambos os lados de interessados. Fazendo desta forma uma aliança coletiva no individual, unindo partes ora sem sonhos reais de inserção a um sistema único e retilíneo, onde poucos são os integrantes em viagem. Desta forma havendo um ajuntamento de ordem moral e desta forma os integrantes passando a ter uma notória gama de respeito, o que antes não era observado, por parte da sociedade burguesa e capitalista, que apenas cobra e impõe pesados grãos em escala crescente, sem dar apoio moral, educacional, ou qualquer apoio a estes excluídos do sistema que cobra, sem dar nada em troca para a subsistência dos seres no individual ou no coletivo. “crescei vos e multiplicai vos”, e uma ordem, e para que isto aconteça, há necessidade de um macho e uma fêmea. E a lei, so desta forma segue a aliança, de outra forma o acordo e finalizado em alguns anos. Portanto so há um jeito e sem formula, para se prosseguir com a aliança. “dois sexos diferentes”. da forma humana, não haverá aliança. Ou poderá haver por um pouco de tempo. Uns casam, outros se dão em casamento, e desta forma se mantem o circulo da amizade e das alianças. Que serão unidas ora por laços de amizade, ou comprometimento, duelos, perdas e ganhos, em comum acordo, casamentos nos seus mais variados tipos e mitos, sem mantem através dos dias, atuais e não atuais. Porem todos, são alianças por medo ou por perda ou mesmo por união de grupos, sendo que e melhor casar do que ter inimigos, através dos laços de matrimonio, muitos ganharam ou perderam, mas sem sombra de duvida, os ganhadores foram mais numerosos do que os perdedores, e desta forma se manteve e se matem as uniões de grupos, através dos dias anteriores e posteriores. Uns vivendo por respeito ou não, mais vivendo através dos dias, e mantendo a tradição das uniões, que permanecerão por dias vindouros, onde serão evitados problemas de ordem social, financeira e de contendas entre grupos, no individual e no coletivo. Este tal gosto inexplicável, uns querem ir para china, outros pro canada, outros ainda querem se unir, em um castelo na franca, portanto, tudo isto esta relacionado a cultura da união e do relacionamento com o outro. Sendo que o mesmo seja oposto, tornando assim o segmento das alianças, que irão seguir pro dias vindouros e jamais estará em estado de estático, mesmo em tempos de crise, as uniões se relacionarão entre os seres que buscam seus objetivos, uns nascendo outros morrendo, assim segue a vida dos relacionamentos e alianças dos seres humanos, que buscam estar em um estado não estático, ou de inercia total, mas tentando vencer esta força, e se tornando mais um par nesta sociedade proletária ou burguesa, entre as camadas existente nesta sociedade que cobra, impõe, e não traz nenhum beneficio para os integrantes da mesma, mas e preciso seguir, até que o barco encalhe no meio do rio. Portanto, navegar e preciso, não podemos parar, muito menos desistir, mas um passo sempre será necessário, sendo que a fila nunca para, e esta sempre em movimento, não podemos desistir, pois não temos o direito e tal direito. E que sigamos rumo ao correto, puro, certo. Deixemos prós maus, os frutos que os mesmo vem plantando à décadas, sendo que aos mesmo em breve chegará, tal colheita. Portando estejamos preparados, e procurando fazer o que é. Correto, Puro, e Certo. E que venha o futuro, e que estejamos, ou entremos nele, com o menos de problemas possíveis. Que venha o que e correto, as alianças e acordos firmados entre o norte e o sul. E que estejamos prontos para seguir e fazer os obedecimento necessário para o bom andamento de todos.

As melhores coisas da vida; Amor, Perdão e Paz.

Não existe nada melhor neste mundo, do que um amor correspondido, o perdão de familiares e amigos por erros que cometemos a cada segundo do dia, que traz aquela paz, onde parece que os minutos, não passam ou melhor a vontade de que cada dia nunca termine, mas se inicie e se renove a cada segundo deste mesmo dia, nos fazendo sonhar com o que a maioria das pessoas do mundo sonham, com, amor, perdão e paz. Como e bom viver com estes requisitos, os quais parecem impossíveis de se adquirirem no decurso do percurso de nossas vidas aqui neste sistema, onde se prega o ódio, o desrespeito, o desamor, a guerra, vingança, morte e por ai vai. Um mundo em guerra. Um sonho que não e impossível, mas possível, aos que crêem, em um mundo melhor para todos os seres humanos, à nós que somos viajantes desta grande nave, seriam de normas e procedimentos, onde todos teriam condições de cumpri las, sem impor nenhuma coisa onde não houvesse metas impossíveis de alcançar. Apenas amarmos uns aos outros. Simples, não é. Quando uma pessoa ama a outra, ela proteja, respeita, cuida. Hoje vivemos os dias em que são comuns praticas, onde trocamos tudo por nada, inversão de valores, incitação a violência e ao racismo, segregação racial, praticas de abuso em todos os segmentos e setores da sociedade, muitos buscam a briga e outros incentivam intrigas e raiva. Parece que somos todos inimigos nesta terra. Poucos são os que guardam as armas e pedem desculpas, muitos pegam e armas e incitam a violência, onde os cabelos brancos, já não dizem nada. Ou melhor nem brancos são pois são velhos de cabelos pretos. Vaidade, tudo nesta vida se resume em vaidade. Muitos buscam o seu futuro aqui neste sistema, que não existira amanhã; outros armam ciladas pro próprio irmão para destruí lo e assim, possuir o que o mesmo possui. Se o sangue faz isto, imaginemos o não sangue. Portanto ainda da tempo de lutar por dias melhores, sendo que os que praticam a iniquidade, são minorias, ou pequenas classes, à maioria luta pro dignidade, paz, amor, e paz. E estes vencerão, sendo que os que buscam o que e correto, sobrevivem. Os demais, morrem, e muitas vezes sozinhos e abandonados, vitimas de seu próprio veneno mortal, em que contamina todos os circunvizinhos, fazendo com que os corpos iguais se aproximem, e os não iguais se afastem. Tudo provem da lei. Onde o que e correto, busca o que e correto. Porem o incorreto, busca o que mais se aproxima, de seus atos e gostos. Que todos nós, estejamos prontos a ouvir mais e falar menos, perdoar mais, do que causar mas mortes, as físicas e as espirituais, e que saibamos viver em paz uns com os outros, praticando o amor, sendo que quem ama, não mata. Mas regra a vida a cada segundo do dia, trazendo vida, por onde passa, deixando um legado, onde pouco se fala, mas que terá sua lembrança jamais esquecida, por todos os que praticam a justiça, que o amor sempre vença, que a paz permaneça e irradie por comunidades individuais e coletivas, em todo o nosso planeta. O amor traz a vida, a paz, a harmonia, o respeito, a dignidade, o pudor, o caráter, a vida. Um dia todos os homens irão se amar, sem maldade. O amor verdadeiro, sem culpa, sem se sentir culpado pelas palavras lançadas através dos segundos.

Ate onde vai; a intolerância, o desrespeito, a maldade, do ser humano.

Sempre que antecede um acontecimento de médio ou grande porte, alguns se divertem e muitos sofrem! O sofrimento de muitos, os quais são indefesos e sem nenhuma expressão ou de pouco valor para alguns. Enquanto poucos se divertem com sua maldade desenfreada, muitos animais são ceifados de sua vida, sem nenhuma chance de sobrevivência ou mesmo sem saber porque estão sendo dizimados no individual ou no coletivo de suas espécies. Como o homem e mau! Porque? Para o bem de uns poucos intolerantes, muitos os quais são invisíveis aos demais, precisam ter sua vidas aniquiladas ou atrofiadas. Perdendo todo o pouco que possui, onde são fragmentados ou mesmo destruídos por: bombas, rojões, foguetes, em rotas de colisão com os indefesos e que não tem nenhuma lei que lhes de um pouco de dignidade ou mesmo respeito, sendo que famílias inteiras são estraçalhadas, despedaçadas sem mesmo saber porque estão sendo destronadas de seu habitat. Onde os animais racionais, que deveriam pensar, respeitar, somar, multiplicar, fazem o caminho inverso de tudo o que e correto. Quando foi que um animal fez mal à algum ser humano. A ser em caso de defesa, onde se luta pelo pouco que tem. Defendendo filhos ou um pequeno lar, onde já foram rastreados por outros seres humanos. Ate onde vai a falta de amor dos tais animais racionais! Que destroem, esfacelam, destronam, desfragmentam, fazem tudo o que mal. Somente para satisfazer o mal que seguem. Não dando nenhuma oportunidade para os menos desprotegidos ou excluídos em parte, ou totalmente de um sistema arcaico, mal intencionado, inapto, não em parte mais no seu total. Onde só tem vez quem pratica uma alta gama de maldade. Desta forma torna se um membro onde e endeusado e idolatrado. “pobre homem”, que tudo o que faz, foi, e sempre será, para sua própria destruição. Sendo que o mal, anda com o mal. O oposto do bem, que não se mistura com o mal. “como o homem e mau”. Pensando ele, que ira sobreviver aqui neste sistema falido e ultrapassado, onde os seus dias foram contados e recontados, e não foram achados mais créditos, mais somente débitos, os quais, já findaram os seus dias. Tolo, todos os quais apostaram todas as suas fichas em um sistema arcaico e ultrapassado, pois perderam tudo. Ficando apenas com os problemas, os quais foram plantados, por todos os seres humanos. Sendo que são maus. A eles ficaram à seu favor, apenas a colheita dos espinhos, os quais não tem como escapar, porque a justiça lhes impôs este requisito. Os quais foram aceitos em dias anteriores, não podendo ser mudado num futuro próximo. Não tendo nada em credito para apresentar em sua defesa. Pobre, homem tolo. Ficando apenas com as dores e os sofrimentos. Vindo em sua memoria apenas pequenos fleches, de um passado distante, onde não lhe pertence mais, portanto no presente ainda temos um pouco de tempo, para uma breve reflexão: “o que ganho com o sofrimento alheio”.

Deus e a principal função, que recupera o que não tem solução, através da pequenez do ser, para que ele seja reconhecido.

Festas, congratulações, excessos, vícios, toneladas e toneladas das mais diversas drogas, inaladas, bebidas, passadas, e todos os tipos de malefícios aos quais os seres humanos se entregam e absorvem à cada segundo do dia, por semanas, meses e anos. Como esta maquina e difícil de destruir, como foi formada e de que foi formada, apesar de todas as formulas de destruição, à que são impostas todos os dias, ainda estão de pé, com muitos problemas, mas muitos os quais são feitos reset, e voltam a um estagio inicial, e com as mudanças as quais são absorvidas e atenuadas, vividas ou não vividas, exemplos aos quais uns seguem outros não! Esta maquina continua surpreendendo a muitos mundo a fora. Os problemas adquiridos durante um período longo ou curto, dependendo do ser? Muitas vezes com o reset. Há um estagio entre o inicio e meio, o qual sofre uma metamorfose de transformação, no qual o ser segue uma estrada menos perigosa, sendo que esta em condições de uso de “cinquenta por cento” do seu total de força e resistência, onde este ser busca uma estrada paralela, ou como dizer via alternativa, onde coloca esta maquina em funcionamento de um período reduzido, sendo monitorado diariamente, de todos os seus atos, pois já provou que num passado não muito distante, com seus atos de irresponsabilidades, se não fosse feitos cortes e ajustes com um grau e intensidades, de alto teor e controle, já não estaria mais por aqui, neste sistema onde impõe todos os tipos de problemas e malefícios sem solução, buscando apenas a sua satisfação agressiva e controlada por apenas alguns dias. Onde buscar ajuda, sendo que todos estão envolvidos com um sistema que não busca o melhor para ninguém a não ser para o próprio sistema, que precisa sobreviver, custe o que custar, pra quem não for ou não estiver no mesmo saco. Portanto e hora de um investimento em massa, em nossa base humana, que são as crianças, adolescentes e jovens, para que num futuro próximo, alcancem uma vitória completa, sendo que somente a nação que investe em sua base terá um futuro, os demais irão murchando, e que os hábitos que não nos agradam que sejam esquecidos num passado distante, com as velhas raposas, que já não existirão mais. E que Jesus esteja com toda a juventude não somente do Brasil, mas de todos os países e nações, para que num futuro próximo estejam preparados para todas as adversidades dos tempos vindouros, e que tenham sabedoria, para passar por todas as intempéries dos tempos futuros, sendo que estarão preparados para todas as batalhas, que porventura haverá de vir. Para a raça humana. Que os erros do passado, permaneçam no passado, e que não sejam mais praticados no futuro. Para isto precisamos erradicar as raízes do mal dos séculos passados. Para que no futuro, não haja vestígios do passado. Que se acrescente, some e multiplique, os benefícios a raça humana, vindoura.

Que o espirito do final de ano, não morre após primeiro de janeiro do ano seguinte?

Entra ano e sai ano e o discurso e o mesmo. Boas festas, amigos para sempre, vamos guardar as armas, paz e amor, respeito, unidos para sempre, troca de presentes, amigos secretos e não secretos. Um espelho da hipocrisia e demagogia, que e típico do ser humano. Algo assim, “uma brincadeira de gato e rato. Ou conversa de bêbado para delegado.” Uma falsa ilusão de que tudo esta resolvido, certo, ok e por ai vai. Crianças não morrerão de fome no próximo ano, haverá paz e harmonia em todas as esferas da sociedade. Não haverá discórdia, nem guerras, e todos os problemas de todos os seres humanos estarão resolvidos. Porque não seguir regras de etiquetas diárias; visitar, hospitais, presídios, orfanatos, asilos, praticar boas obras, não maltratar os animais, ser gentil e educado, fazer a sua parte, perante a sociedade, buscar soluções para problemas, de ordem familiar, financeira, administrativa, jurídica, estes os quais fazem todos os tipos de acepção e exclusão de todos os seres humanos em todas as esferas da sociedade. Onde o capital impera, trazendo todos os tipos de mazelas e doenças que assolam milhões de pessoas, todos os dias, não e no final do ano. Mas a cada segundo do dia, que nasce. Que este espirito, do amor, do doar, do servir, do colaborar, do acrescentar, do somar, esteja impregnado em todos os seres humanos todos os dias do ano. O medico, que ira trabalhar sorrindo e feliz, grato a Deus, por tudo o que recebeu naquele momento de vida que lhes foi dado. Não apenas sair para acumular e acumular e acumular. Como todos fazem, não somente os médicos, mas todos, que optaram pelo sistema capitalista, que não se cansa de bater recordes diários de acumulação de capital, ganhando a todo segundo do dia, e quando um ganha, com certeza o outro, perde. E quando apenas um ganha, o outro num futuro próximo deixara de existir. Porque tantos abraços, palavras de carinho e incentivo a vitória, reintegrando este ser em uma vida de prosperidade e amor, declarando paz, amor, mansidão, respeito e tudo de bom, e que em poucas horas, ao explodir dos fogos, todos voltam a uma competição, onde as regras impostas pelo capitalismo selvagem, são; ganhar, ganhar e ganhar. Sem se importar com seus semelhantes, irmãos, amigos. Como explicar estes dois lados de uma mesma moeda, qual formula para neutralizar esta metamorfose, à qual todos se submetem, aprovam e seguem. Se tornando pessoas, frias, calculistas, interesseiras, desumanas, ignorantes, falsas, mentirosas, individualistas, mesquinhas. Todas as péssimas qualidades, as quais fazem parte do dia a dia, e vocabulário de todos os seres humanos. Certa vez ouvi uma frase de um anônimo; “todo dia podia ser natal, as pessoas passam por uma transformação, voltam a ser bons e amigos, o amor esta em todos os cantos do planeta”. Realmente as pessoas passam por um momento de transe ou transformação ou ainda metamorfose, e há um grande ganho para todos, os que doam e os que recebem. O amor aflora, por todos os cantos do planeta, os inimigos guardam suas armas, as mães veem seus filhos e filhas, os amigos trocam falácias de todos os tipos, graus e números. Realmente nesta transe, mesmo que temporária, há um grande ganho para todos e todas, amigos e não amigos, à todos nós vale sonhar, ou como disse Martin Luther King, “Eu tenho um sonho”, que este sonho para todos os seres humanos, sejam, de transformar este espirito do amor, do doar, do cooperar, do somar, do acrescentar, do perdão, da humildade; não apenas por 365 ou 700 dias, mais por todos os dias de nossas vidas. Desta forma, nos tornaremos seres humanos de verdade, não acumulando tudo, conforme o capitalismo, mais repartindo o que temos, sendo que precisamos de pouco para sobreviver. Do que adianta nos sobrevivermos, enquanto nossos irmãos da África, morrem de fome, o que nós desperdiçamos, com certeza e o que eles sonhariam em ter para passar mais um dia, sem ter que sonhar comendo. Apenas um sonho de uma criança africana. Ou mesmo qualquer criança de tantas comunidade, aldeias e clãs ao redor do planeta terra. Que sonham apenas com o básico da sobrevivência humana, que e o alimento diário. “O pão nosso de cada dia”.

Que direito tenho eu? De me apropriar do que não e meu!

As vezes penso! Como entender o primeiro, sendo que já esta determinado, o primeiro e o primogenito, ou seja detentor dos direitos, apesar da rejeição ou transferência, o primogenito, e o verdadeiro dono do direito, se estiver presente ou não. Portanto sua casa ele estando ou não, seus limites precisam ser respeitados, de eu faço uso do seu local sem a sua permissão estou subtraindo, seus valores e seus direitos, de nada adianta contar uma estória, cheia de detalhes e incremento, pois de nada adiantara. O verdadeiro dono um dia ira chegar, com o seu titulo de propriedade, e não haverá necessidade de nenhuma justiça humana, para que se faço a comprovação, sendo que com suas palavras a verdade florescerá , não há nada que sustente a tese em questão sem os devidos documentos comprobatórios, então como proceder, a quem recorrer, como fazer. Existe apenas uma estrada. O direito de propriedade voltara para as mãos do dono de direito. Pode ter sido construído um palácio ou uma casa de proporções gigantescas com uso diário por milhões de seres humanos, de nada adiantara pois o direito de posse pertence apenas ao dono, o detentor do direito. Não cabendo aos demais usuários ou passageiros deste local, fazer reclames em voz alta ou baixa. O local não lhes pertence mais, de nada adianta o choro ou reclamação, pois foi feito uso incorreto do local, mesmo com as mega construções em questão. Portanto que nos sirva de lição, a impropriação indevida, nos faz ver que e um procedimento incorreto, um dia, cedo ou tarde. O verdadeiro reclamante e detentor do direito de fato. Vira procurar, e de nada adiantara as estórias contadas de geração em geração, copias feitas de forma incorreta, um atentado ao direito. Do verdadeiro proprietário, pois se eu fiz a construção da minha casa de oração no local do outro, que direito tem eu, sobre o lugar. Sendo que já havia no local outra casa de oração. Agora pra sustentar os meus interesses vou tocar fogo no mundo, eu posso com o mundo! Onde começa o meu direito, ate onde vai o meu dever. Porque tanta intransigência, onde tudo isto vai parar. E como parar, ou não vai parar? Qual razão de subtrair o outro e ainda acreditar, achar, que tem o direito de burlar todas as regras, para buscar um direito que não e seu, já houve um erro, qual legitimidade em continuar no erro. Qual fator deve ser usado, para classificação de “QI”, onde amparar tal ideia, como e onde buscar base legal, que apoi a ideia de mando e desmando. Como proceder com tal falta de correlação do que e certo e errado. Onde parar, para buscar tal bifurcação, para o encontro destes povos, que estão indo para lugar nenhum, em busca de nada através do ódio e baixas de seus semelhantes, pois todos nos somos irmãos, todos os moradores da terra, viemos da mesma matriz, e temos a mesma linhagem, como entender de irmão matar irmão por nada, em busca de nada, indo para lugar nenhum. Como entender! para se ter sucesso e necessário o sacrifício de outro semelhante, em nome de um deus, que prega ódio, vingança, pedofilia, acepção, que deus e este que certas pessoas seguem, enfileirados por seus lideres, que mais parecem estar à serviço do mal do que do bem. Como este mal sobrevive, matando seres humanos inocentes, que saem para cumprir suas obrigações diárias, e suas vidas são ceifadas, deixando filhos, esposas, pais, tios, primos… Que num futuro próximo poderão ser as próximas vitimas de um sistema arcaico e ultrapassado, racista, centralizador, corrupto, egocêntrico, a serviço do mal. Só o amor da à vida, multiplicando a paz, trazendo prosperidade, bênçãos, a verdadeira vida, gerando vida, através do amor. Este sentimento que não exclui, não mata, não rouba, não faz nada do que e ruim, para si e para seus semelhantes. Portanto as pessoas de diferentes clãs, só aprenderão o verdadeiro sentido da vida temporária aqui neste sistema, quando aprenderem a Amar! Sendo este sentimento uma fonte inesgotável, onde os princípios de todos os seres humanos, estão entrelaçados no DNA, gerando vida e não ceifando vidas. Quando se ama, tudo caminha para um mar de tranquilidade e paz. Não tirando o que não nos pertence, contando estórias sem fundamentos e base legal, onde as informações do passado não se sustentam, estórias copiadas e que sofreram adendo no decurso do percurso, onde; o meio veio pro inicio, e o fim veio pro meio.

Não me diga, que não falei do homem.

Quantos homens, honrados, respeitados, imitados, sonhos de muitos jovens, alguns com um curriculum, que apraz, os que o visitam. Legados que nos fazem sonhar e imitar este homem. Homens que entraram para à historia, como um marco divisor do antes e do depois, em que ao olharmos, mesmo que com o olhar descuidado notamos claramente a diferença de um homem honrado. Hoje vivenciamos em todos os meios, uma grande desclassificação do homem, por parte de uma minoria de homens sem mente, principalmente da classe publica de todos os poderes e escalões do sistema. Nos entristecemos, porem estes homens sem mente, além de minoria, não estão classificados ou aprovados por homens de um legado, exemplar; todos esses homens sem mente, burlaram à sua classificação, tornando-os, claramente, com, seus atos ilícitos e desprovidos de caráter, um ser habitual ao seu habitat natural, que é a deshonrra, individual e coletiva, de todos os homens sem mente. Sendo que os tais andam em círculos por longos períodos de tempo. E em suas palavras néscias, se e comprovado o que lhe e habitual. A loucura. Portanto cabe aos sábios fazer uma devida separação, como a que será feita num futuro próximo; “separação do joio e do trigo”. Cabe ao prudente, fazer as devidas separações, que isto seja feito em breve, pois os homens sem mente, ultrapassarão os limites da loucura, cabendo aos prudentes, tomar as rédeas das mãos do loucos. “antes que tardio, do que nunca”. Sendo que os loucos tem seu espaço de morada, que lhe e próprio. Onde serão melhores vigiados e monitorado, para que não causem nenhum mal aos seus semelhantes. Precisam ficar isolados e vigiados vinte e quatro horas por dia, para que cause o menor prejuízo a população brasileira. Que já tem em suas costas um fardo muito pesado, e navegar e preciso, mas sem tantos néscios em seu caminho. Um povo honrado, trabalhador, honesto, e cumpridor de todas as suas e não suas obrigações. Precisamos construí uma ponte para que os homens de legados honrados, consigam com sua sabedoria e lucidez, consigam dar um basta nesta loucura total de se impregnou em nosso país nas ultimas três décadas. Apenas com a sabedoria, venceremos a loucura e todos os loucos dos poderes que foram estabelecidos por néscios. Alguns vão dizer; criaram um estereótipo, para denegrir a imagem de todos os poderes deste belo país, que à mais de seis séculos vem sendo subtraído pelo mundo, porem fazendo uma breve analise, mesmo que superficial, todas as condutas de todos os poderes com seus néscios em comando, será desabonada, em poucos milésimos de segundo. Então que se criem marcas ou não. Nada salvara todos os poderes com seus néscios no comando. Porem existe uma oportunidade para os sábios e de bom legado deste belo país, onde não fazem parte todos os poderes com seus néscios no comando. O povo deste belo país, os quais tem um grande legado. Sejam Negros ou Índios, com exceção, de todos os poderes e seus néscios no comando, o povo que detém o poder de fato; exigindo seus direitos, não com armas que matam. Mas com sabedoria de seu legado de honrarias, colocando todos os poderes e seus néscios, em seu devido lugar. Juntamente com as velhas raposas, terão finalizados todas as tentativas frustradas de incoerência e insensatez. Sendo que o povo deste belo pais, deixara um legado maior do que lhe e de direito. Tirando de cena todas as ideias arcaicas e ultrapassadas, de todos os homens, de todos os poderes, e juntamente com eles, as velhas raposas, que irão, finalizar suas atividades sem nexos e sem expressões, sendo que viveram à margem da incoerência e da loucura. Onde não plantaram nada. Sendo que à todos os homens insanos de todos os poderes juntamente com as velhas raposas, não terão nada para colher, lhes restando para todos os insanos de todos os poderes juntamente com as velhas raposas, o seu legado inverso. “O DESPREZO”. Pois os tais, não merece nenhuma memoria ou mesmo lembranças, sendo que lembrar o passado e sofrer duas vezes, no caso de todos os homens néscios, de todos os poderes, deste belo país, juntamente com as velhas raposas, que deixaram muitos feitos contrários, à ética, a moral ao caráter, procedimentos os quais estão interlaçados com todos os homens néscios, os quais não tendo nada que os abone, não são merecedores de nada. Apenas desprezo, por parte de todos os brasileiros. Que oram buscam por em ordem o que foi desordenado.

Nenhum sistema, e para sempre!

Nada neste sistema e pra sempre, sempre terá início, meio e fim, tudo o que e produzido aqui, tem prazo de validade, e vencerá, de nada adianta, tantas preocupações, com o hoje o amanhã de nada adiantará, quando chegar o final do prazo de validade. Portanto as preocupações de hoje, talvez não serão, ou não alcançarão nada, sendo que o prazo vence as 23:59h. então como proceder, o que fazer, como fazer ou não fazer. Aqui agora, amanhã depois, mês que vem. Semana que vem, o próximo dia. O que fazer, tantas perguntas sem respostas. Vamos viver o hoje, o agora, sendo que o amanhã não nos pertence, não sabemos se chegaremos ao próximo ponto, ou porto, ou lugar de parada. O que nos interessa e fazer as coisas certas, ou quase certas, sendo que somos imperfeitos e não fazemos nada certo. Vivemos tentando nossa vida inteira, e tem muitos que não conseguem escrever o tal livro. Até que o filho e plantas a árvore e mais fácil. Mas o livro que e a parte bem mais difícil ou que precisa ser melhor elaborada. Dificilmente alguns conseguem, ficam apenas em alguns rascunhos da vida, não lhes impondo a parte mais de finalização, sendo que uma redação, precisa ter; início, meio e fim. Alguns até conseguem fazer o início e o fim, outros o meio e começo, outros ainda seguem o cronograma, mais não a publicam, ou quando a publicam, já o seu tempo haverá vencido. Portanto andemos rápido com nossas informações neste sistema atual em que vivemos, para que quando chegar o tal prazo de vencimento, nós estejamos com a nossa história completa, e já publicada, ou com a parte que mais vai interessar a tal sociedade, que e hipócrita, egoísta, má, sem respeito e pudor, não nos seja imposto um fardo de todas as maldades que lhes e habitual, desta tal sociedade, que nos cobra mais não nos dá nada em troca, ou ajuda. Portando vamos andar mais e reclamar menos, já ouviram aquele velho ditado popular; “quem chega cedo, bem agua limpa”. Vamos fazer a nossa parte, como corpo integrante desta sociedade hipócrita e egoísta, que sejamos não mais um. Mas que sejamos este um, que fará a diferença entre tantos que estão por ai. Apenas sendo mais um. Precisamos somar, multiplicar, acrescentar, em todos os segmentos desta sociedade hipócrita e egoísta, aos que fazem à sua parte, já lhes e imposto, várias críticas, após vencer o seu prazo de validade, imaginem aos que tem sua história com menos expressão, sendo que lhes e imposto uma carga desleal e covarde, apenas por criticar e desconstruir uma história que apenas não fez à sua escrita, por não ter formação adequada para tal feito. A hora e agora o futuro já começou, não nos resta muito tempo, o prazo de validade, já está bem avançado e o fim mais próximo do que imaginamos. Portanto a nós, nos resta, darmos mais um passo. Precisamos seguir, não podemos parar ou estacionar, precisamos urgentemente, vencer este estado de inercia. Vamos em frente, alguns não tem o direito de descanso, talvez um dia, sim! por enquanto não? “se não temos este direito, a nós, nos resta seguir, até que tal direito chegue, e se não chegar, já teremos avançado, em nossa estrada, e descansaremos, um dia? Talvez poucos segundos, até que o prazo de validade, se concretize em nossa vida. O certo é, que este prazo chegará, aqui neste sistema, nada e pra sempre.
Lembre-se que nenhum sistema e pra sempre, governo, desgoverno, recentemente, nas Mídias visuais, escritas e faladas; à seguinte mensagem: “Brasil, uma Ferrari, dirigida por macacos”, à nós brasileiros, uma esperança para o caos que se instalou em nosso pais nos últimos 30 anos. Uma luz no final do túnel, não com eleições em 2018, ou mudança de sistema presidencialista para parlamentarismo. O povo brasileiro, precisa colocar ordem neste belo país, sendo que só temos um caminho; “A união do povo brasileiro de fato, e com o orgulho patriota, estancar todo o sistema contrario, que ora se instalou neste belo país”. (Le Monde, Governo Temer, governa sem apoio do povo e contra o povo). O Brasil hoje à nível globalizado, e motivo de criticas de níveis variados, o que nos tornam, como os palhaços do mundo, graças ao desgoverno, descrédito, desrespeito, desmoralização, desordem, de todos os poderes, deste belo país. Reage Brasil, brasileiro. Você, que sempre venceu todos os obstáculos, todas as gangrenas, todas as subtrações, todas as falcatruas, todas as traições, todos os sistemas contrários; desde sua descoberta. Vencendo todo o mal, que ora havia se impregnado em suas entranhas. Conseguiu expulsa los à todos no seu devido tempo. “NENHUM SISTEMA E PRA SEMPRE”.

O perdedor da desculpas, o vencedor da um jeito.

Um mundo de palavras, um universo de pessoas prontas para abrir a boca e falar o que lhe convém, o nosso aprimoramento sempre foi em dar desculpas, seja elas quais forem, desde que nos faça nos sentir melhor, principalmente depois de certos atos praticados, os quais são de certa forma cobrados pela sociedade. O homem se habituou em dar esclarecimentos, principalmente de convencimento, são práticas atuais e corriqueiras que os exemplos diários não são os melhores. Não importa à ação, o importante e a reação e posterior, o poder de convencimento, que já terá o autor principal, com o seu texto pronto, para lançar – lhe no ar. E sempre terá uma multidão pronta para receber o convencimento ora lançado, e multiplicar esta oratória, sempre acrescentando, adendo, que irão ultrapassar as barreiras do caráter, dignidade, bom senso. Mas enfim, tudo pela boa oratória. Sendo que ela foi lançada com voz de grande influencia e correlação de poder, para ouvintes em massa, de escala global. A maldade humana e sem precedentes, todos são maus, praticam todo o tipo de iniquidade, se contentam com o mal, sendo que com a maldade praticada satisfazem os seus desejos, por praticarem o que e mal, para via de regra, um ato praticado, e como um troféu ganho, que será exibido, com os mais altos graus de maldade, quanto maior e mais cruel o ato praticado, existe uma hierarquia de maldade, com a maior apreciação pelo ato mais cruel, este alcançara dos demais, uma diferenciação em maldade, sendo que este passa ter uma separação aos demais do grupo. Começa à haver uma separação e respeito dos demais, talvez por medo ou respeito. Sendo que e melhor correr do que brigar, pois quem corre, com certeza vivera. A probabilidade do Enfrentantes, possivelmente será o atrito em maior intensidade. Causando danos irreparáveis e irreversíveis, para quem esta na frente de batalha. Onde para quem esta numa posição privilegiada, não haverá ninguém contrario ao segmento de maldade, ora implantado, por quem lidera o topo da maldade em cada grupo, ao qual foi estabelecido ou implantado. Em virtude de todos estes acontecimentos, importaria pouco, ou numa escala de 0 a 10, onde o gráfico, aponta para o numero 3. Criar ou estabelecer ou ainda substabelecer, um dia para consciência verde, amarela, azul, ou ainda de ordem; católica, protestante, islâmica, budista, hinduísta, ou ainda de ordem; moral, amoral ou imoral. Enquanto no for plantado nos corações; jovens, adolescentes, adultos, idosos, o amor, o respeito, a moral, o caráter. Muito pouco ou quase nada se ganhara esta geração presente, e a por vir, sendo que não foi feito nada na formação de base desta geração. Portanto se queremos um mundo melhor e menos injusto, para todos os habitantes deste planeta, precisamos trabalhar mais, com menos discursos, menos hipocrisia, menos amor, menos respeito, menos caráter. Somente desta forma e formula, alcançaremos um mundo um pouco melhor do que este ao qual estamos Vivenciando nestes dias. Onde estamos indo com todos os poderes deste belo país, governado por incompetentes e irresponsáveis, para uma grande pizza do tamanho deste belo pais, onde sua força de trabalho, ora massacrados, não participarão deste grandioso evento. Pagando o preço que lhe e habitual, desde os primórdios, de; “LA DEMOCRACIA”.

Caminhada

Morte.

Como aceitar esta transferência, como entender, como julgar ou fazer a viagem contraria. à viagem, esta transferência de lugar. Ao visitar qualquer velório, familiar, ou não. Devemos fazer tal reflexão, referente a este acontecimento, ao qual todos fazem, ou vão fazer parte, algum dia? Hoje assistimos, amanha seremos assistidos, este acontecimento fez e faz parte, da raça humana. Não e exclusividade minha ou sua. Será representado em lugar no tempo, onde o Ator principal, poderá ser nos ou vos. Devemos nos reconhecer como parte integrante de uma comunidade, que está neste sistema, de passagem, onde o amanha, a acumulação, o preconceito, à desmoralização, ou moralização; não serão levados, dentro de um caixote de madeira. Onde este será a morada do corpo carnal, que será transformado em terra. Isto nos leva a seguinte reflexão: ‘A TERRA QUE HOJE PISO; AMANHA SERÁ MEU COBERTOR” Autor desconhecido. O nos leva à no mínimo; fazermos um bom plantio, sendo que em seguida, vira a colheita, num futuro próximo. Não adiantara reclamações por ocasião da colheita, culpando outras pessoas ou fazendo transferências de responsabilidades, como e habitual, à todos os seres humanos. Todos os atos praticados num passado distantes, são exclusivos do ser que ora praticou. Sendo desta forma responsável por tais atos praticados, não lhe dando credito à transferência de tais atos. Desta forma, cabe à nos seres humanos, nos respeitarmos e sermos cumpridores das normas estabelecidas, aceitando-as ou não. Somos todos irmãos, viemos do mesmo lugar. “TERRA”. João, não veio de Marte; Manuel, não veio de Júpiter; Antônio, não veio de Plutão; todo o surgimento, da raça humana, deu-se na Terra, nossa morada provisória, sendo que pertencemos à este sistema; Simples, não ficaremos aqui por toda à vida. Pois haverá a transferência, viagem, da qual todos os seres humanos, irão participar, independentemente de: Cor, Raça, Religião, Posição social, que este ser humano, pertença ou foi reinserido. “PORTANTO À MORTE, FAZ PARTE DE NOSSA VIDA”.

Corruptores e Corrompidos.

Já ouviram esta frase! “Quando um não quer, dois não brigam”, Existe nestes últimos dias, uma inversão de valores, onde o errado e chique e o certo e brega. Pessoas que deveriam dar exemplos; são as mais decepcionantes em seus atos e atitudes, praticam tudo o que e ilícito e errado, em prol da defesa de uma bandeira ou projeto, sendo que atenda os interesses da elite burguesa. Caráter e respeito, são jogados pra dentro da mascara, os cabelos brancos que agora são pintados de outras cores, não lhes dizem nada. Arquitetos do mal, tirando de quem não tem, dando pra quem não precisam. Sendo que seus bolsos, estão cheios e fartos, onde não há mais espaço para se colocar um grão de areia. Desta forma as velhas raposas, aumenta o montão dos capitalistas, e reduzem a pó, o montinho do proletário, sendo que este transferindo poderes para as velhas raposas, em prol do benefícios de muitos, mas as velhas raposas, traindo os detentores do direito de fato, que ora transferiram o seu poder, para as velhas raposas, se derramaram aos pés e bolsos, dos burgueses, esquecendo-se que os proletários, não lhes deram um poder vitalício e sim temporário, como representantes. Esta representação, os detentores do poder de fato, precisam participar, de forma integral, nas ações diretas e indiretas, desta transferência de poder, sendo que os que lhes representam, se sentem à vontade, para fazerem o que se faz na atualidade. Onde os detentores do poder, estão de carona, em um carro sem comando. A humanidade sempre em contraposição com à dádiva, ou com as politicas que se intitulam corretas. Grandes quantidades de caixões, para algum fim, onde os direitos nem sempre serão respeitados, grande parcela, de humanos, vivendo abaixo da linha da pobreza, não somente na África, países da América central, mas na Europa, Ásia e América do norte, tudo tem algum fim. “A raça humana, seriam os únicos animais civilizados, que não respeitam seus semelhantes” os demais animais irracionais, se respeitam, lutam somente por alimentos, ou para se defender, quando são ameaçados. Não acumulam, nem subtraem seus semelhantes, e são irracionais! Vejam o homem? “mata, rouba, destroem, quebram, queimam, fingem, mentem, e praticam todos os tipos de iniquidades, simplesmente, por prazer, para se sentir superior, que tolo! O homem”. De onde vieram toda esta ganancia e falta de pudor do ser humano. Onde se rompeu este elo, sendo que o errado, tomou o lugar do certo. A contramão virou mão, valores sofreram inversões, andar nu, esta certo, uma criança indefesa, sendo incentivada à atos ilícitos, ou inadequados, onde estava à tarjeta, “cenas proibidas para menores de 18 anos” como proceder, pra onde ir, qual rumo, qual direção seguir. “me sinto só, como uma ilha, sendo que em meu redor, estão varias pessoas”. Sendo que todos seguem caminhos opostos, os quais, nos distanciam uns dos outros, a cada segundo do relógio. Como entender a cabeça do ser humano, sendo que e um universo desconhecido, porem, caráter, valores, respeito, são qualidades básicas, deste ser, como um ser, que e dotado de qualidades elogiáveis, se tornar, um ser totalmente desprezível e sem o mínimo destes requisitos básicos do ser. ”trocar tudo, por nada”. Se tornar uma pessoa, totalmente na escuridão, do ser. Manipulador, Mau, desprezível, Amante de si mesmo e do dinheiro, sendo que se vende, pras velhas raposas, em prol de benefícios das velhas raposas e dos aliados. Se esquecendo, que sua representatividade, seria em beneficio dos detentores do poder, os quais lhes transferiram, esta representação momentaneamente. Porem o representante, preferiu, à noite, do que o dia. Como o tempo do representante está vencendo, os detentores do direito de fato, precisam ter sabedoria, sendo que seus representantes, foram contaminados com toda a sujeira das velhas raposas, sendo necessário, que os detentores do poder de fato, não cometam, os erros, ora praticado anteriormente. Será necessário, uma mudança radical, somente desta forma, se quebra a hegemonia das velhas raposas. Avante povo brasileiro, está chegando a hora da virada. Não se deixem vencer, pelo obsoleto e ultrapassado. Vamos em frente, juntos, nos somos imbatíveis. E unidos,, jamais perderemos a guerra, pra incoerência, o desrespeito, a falta de caráter e pudor. Vamos salvar o Brasil, que sempre foi subtraído, desde seu nascimento. Deixo-vos este ponto de reflexão, embasado na carta magna da cristandade; “Ao que muito pegou, nada sobrou; ao que pouco pegou, nada faltou” (2Cor 8). A ganancia, tem matado, multidões, em toda a historia da humanidade. O desrespeito, a falta de caráter, a falta de pudor, tem dizimados à muitos, na historia antiga, media, moderna e pós moderna, o que nos faz parar e refletirmos. Já e hora de começar tudo de novo!

Sozinhos, somos guerreiros; Unidos, somos campeões?

Já ouviram esta frase! “A união faz a força”, nos só vamos nos redescobrir quando colocarmos a nossa união em pratica. Portanto vamos nos unir em prol da nação. Sendo que os que estão ai, se uniram em uma grande quadrilha organizada, sendo que todos olham como se estivessem anestesiados. Esta passividade popular de norte a sul de leste a oeste, tem nos deixados impotentes, diante das agressões do sistema, em prol de seus benefícios, nos trazendo malefícios à todos nós, cidadãos de bem, com todos os seus e nossos. Portanto precisamos desta união em prol de nossa nação, antes que seja tarde, pois o mal prevalece e cresce em esferas gigantescas, nos oprimindo, nos dizimando, trazendo ao estado inicial de tudo, sem benéficos ou privilégios, sendo que os demais não tem a preocupação por este estado atual e sim por seus próprios egos, sendo que estes sejam satisfeitos. Somos a nação, precisamos por em pratica nossos direitos, exigindo que a outra parte, mesmo sendo a parte negra da historia, cumpra com os seus deveres. Isto só será feito com a nossa participação, sem ela não se fará nada da outra parte.
Sendo que esta quadrilha esta andando na mesma direção, unida, os demais, sendo o povo detentor do direito de fato, DORME. O inimigo avança quando nos, retrocedemos, portanto precisamos ir avante, lutar por nosso pais, nosso povo, nossas etnias, nossa pátria, sendo que os usurpadores de poder, nos subtraem a todo instante, protegendo-se uns aos outros, estando todos no mesmo habitat, e seguindo suas regras, sendo que são regras arcaicas e ultrapassadas, mas que são atualizados a todo instante, vamos acordar. Vamos buscar sair deste estado estático e procurar vencer esta inercia. Olha que lindo este refrão: “O POVO UNIDO, JAMAIS SERÁ VENCIDO”. Acorda brava gente brasileira, meia dúzia de dementes, não pode vencer um país inteiro, vamos em frente, rumo norte. Que sempre será mais forte. Nos desculpe, BRASIL, por não cuidarmos bem de você. A partir de hoje, vamos fazer nossa parte. Brava gente brasileira, vamos à luta, não com armas que ferem, mas com as armas da sabedoria, desta forma vamos vencer as raposas velhas. Que são arcaicas e desatualizados. Vivem num passado distante. Você Brasil, brasileiro, terra de santa cruz, que sempre nos alimentou, nos guardou, vamos fazer a nossa parte, e juntamente com você, vamos vencer as raposas velhas, arcaicas e ultrapassadas. Vivem andando em “circulum”, sem rumo, sem direção, sem caráter, sem pudor, sem respeito, sem nada, próprio deles, que não tem nada, não podem nos oferecer o que precisamos, sendo que são nada e tem nada. Vamos acordar, brava gente brasileira. Chegou a hora.

Um dia! Talvez.

Quando pensamos no futuro e em tudo o que poderá vir por ai, nós ficamos preocupados, sendo que o futuro e incerto e sem nenhuma garantia que chegaremos lá, as noticiais atuais de catástrofes e de todos os gritos da natureza e de alguns. O que podemos dizer e que os navegantes, vão ter muita turbulência no decurso do percurso, porque não sabemos de onde viemos e nem pra onde vamos. Existe uma grande quantidade de perspectivas e caminhos, porém pela fraqueza humana e sua pequenez, sempre tomamos o caminho errado. E só nos damos conta, quando já estamos numa posição, em que ao pensarmos em pegar o próximo retorno, ele sempre está na contramão de nossa direção, e conforme avançamos ao olhar pelo retrovisor da vida. Vemos a rotatória cada vez mais distante. Porem existe sempre uma luz no final do túnel. Mas quando estamos paralelamente, a grande surpresa. Sempre aparece uma pedra no caminho, e voltamos a posição inicial e já bem distante do nosso porto seguro. Não nos resta nada, a não ser. Seguir em frente, e tentar errar menos, sendo que com os anos de experiência e com alguns cabelos brancos. Levando em consideração os passos em menor escala. Pensamos, Paramos, Refletimos e só após todos estes pontos. Agimos. O tempo neste caso e o nosso maior aliado. Trazendo a experiência de vida e a base de informações coletadas durante os anos. Mas ainda não estamos isentos ou imunes de cometermos os erros da vida. Afinal somos humanos. E apesar de toda a estrada percorrida. Após cada queda, nos colocamos de pé. Isto e a lei da sobrevivência pela qual todos os dias acordamos, lutamos e retornamos. Nem sempre vencemos, apesar de estarmos sempre lutando. Este e o ciclo da vida, que não para. Segue. Este ciclo se renova a cada manhã, sendo que há um renovo e um equilíbrio fazendo como um nível de uma balança, que zera, não acrescentando ou tirando do que lhe e habitual. Este renovo, nos traz uma força grande que ao pensarmos em desistir, e como se fosse cobrado a nossa participação neste ciclo de vida. Por assim dizer. E assim tomamos as rédeas, todas as manhas e nos encaminhamos a dar mais um passo. Pequeno e Grande. Não importa. O importante e que seja um passo, talvez rumo ao desconhecido, não sabemos. Mas estamos indo pra algum lugar. O tempo trará as respostas. Sendo que o tempo tem respostas pra todas as perguntas, que lhes são feitas. Um dia talvez. O amor reine entre todos os homens. Só assim seremos livres, de todos os males deste atual sistema.

Concentração

A liberdade, os direitos, os deveres, a dignidade, as conquistas. Tudo se desfazendo, como areia entre os dedos. A ilegalidade tomando conta sem responsabilidade, aliado aos demais delinquentes, dando suporte e apoio aos atos ilegais que desabona ainda mais a ilegalidade. Conforme as conversas à meia noite? Com toda a equipe de poderes e seus comandados. Formando uma rede de proteção entre todos os aliados para destruição da base do país. Todos os delinquentes, são formados na mesma escola, sendo esta, formando pessoas sem puder e sem caráter, onde a mentira reina em todas as esferas, como uma teia, onde todos se seguram, protegendo aos quais fazem parte desta escola. Com uma preocupação em escala mínima, com o Estado, suas leis, seus deveres para com todos os cidadãos. A preocupação máxima dos tais, está enquadrada, no individual e coletivo da escola, aos quais pertencem. Dando pouca importância ou total desprezo, “As vozes que vêm das ruas”. Sendo que estes, são os verdadeiros donos do poder. Os quais delegaram os seus poderes, para pessoas que fizeram da mesma uma arma. Vitimando à todos os donos do poder, os quais foram traídos, com várias punhaladas, pelas costa! Os donos do poder, precisam delegar novas pessoas, as quais não foram contaminadas com os alunos da escola, sem pudor e caráter. Sendo que desta forma num futuro próximo, os que foram delegados, farão bom uso do poder. Para o bem do país e seus cidadãos. Respeitando à Constituição, Leis, Poderes e principalmente todos os cidadãos, independentemente de raça, religião, gênero e cor. TRAZENDO; ORDEM E PROGRESSO, PARA ESTA GRANDE NAÇÃO, QUE NÃO SERÁ MAIS GOVERNADA POR IRRESPONSÁVEIS.

Nova Era do Gelo.

As mudanças são sempre necessárias. As atualizações sempre nos trarão incertezas e medo do desconhecido. Temos fobia as mudanças, o novo nos incomoda nos leva a uma regressão rumo ao certo e incerteza de um futuro incerto. O desconhecido nos apavora, por não saber o futuro e não estarmos preparados para um presente sem respeito, nos seguramos no passado em que conhecemos. Uma simples troca de placas na rua ou via pública, nos incomodam leva-nos a reflexões e medos, sendo que sabemos que o homem e mau. “Como disse um Filosofo certa vez; Terra de cego, quem tem um olho e Rei”, Isto no leva ao seguinte fato: Quem tem o poder e a informação, sempre será o fator determinante e com o poder da caneta que sempre trará os benefícios em seu favor dos seus. A classe proletária, sempre ficará de carona no veiculo, com rumo determinado por outrem, e que é pior. A ver navios! que passarão cada vez mais longe e serão inalcançáveis em um futuro próximo. Quem dita as regras sempre será fator de imposição, da determinação de outrem, nos teremos a possibilidade de acertos e erros, porém à probabilidade de uma simples equação, onde o resultado sendo pra mais, ou pra menos, os ajustes necessários em prol de um interesses individual ou coletivo, serão equacionados no determinantes dos poderes da burguesia, que impõe seus dotes e benefícios individuais e coletivos. A ordem dos fatores não implicarão no resultado final desta equação, que irá rumo ao futuro desconhecido. Ao qual o poder exercido implicará de uma forma à qual não terão um controle de ordem programada. Onde quem detém o controle, não estará no controle da situação, independentemente de valores por menores de interesses direcionados pela burguesia, que delimitara totalmente em um minúsculo espaço toda a classe proletária, visando somente seus deleites e dos seus. Onde para uma classe não haverá início, meio e fim. Mas somente FIM. Conflitos internos e externos, nos trazem aprendizados e atualizações, porém o conhecimento que e limitado para a classe proletária, acontecendo inversamente pra classe burguesa, Quando os valores saem do mesmo cofre. Os valores de ordem cultural, social e política, trazem uma delimitação pra ambas as classes, sendo uma formação dentro da classe, uma superior e outra inferior. Como competir, sendo que o filho do proletário e do burgues não tem as mesma condições e armas, que lhes são garantidos em um documento, em que as regras, são à igualdade, direitos e a liberdade. Isto nos coloca em vários paradigmas, em que as mudanças são de ordem lenta e gradual, acrescentando de degrau em degrau, não pra ambas as classes. Em contrapartida uma classe viaja na velocidade da internet. Isto causa conflitos, aos quais nos insere em mais uma era glacial, rumo ao futuro incerto e desconhecido. Como uma prisão, que nos cerca e delimita todo o nosso espaço físico, intelectual e cultural, em todos os campos e meios. Trazendo um medo de ordem crescente, à qual em muitos casos nos escraviza, sendo em toda ação, que com certeza corresponderá a uma reação, em busca da liberdade, valores, dignidade, respeito, ordem, decência, tentando quebrar todas as correntes que foram impostas por classes que sempre visaram seus interesses pessoais e coletivos e dos seus. Esquecendo-se dos outros e dos direitos. O homem foi imposto à uma forma de escravidão e subserviência, imposta não pelo estado, mais pelo próprio homem. Sendo que outros de ordem menos maus, buscam paralelamente e individualmente uma solução ou uma forma de equação igualitária mais humana para à maioria dos seres humanos, vivendo numa terra rumo ao incerto. Os seres humanos, com suas incertezas, conflitos e medos, rumo a um sistema, onde são sobrepostos todos os dias, mais normas e menos direitos. Cabe a todos nós estarmos prontos, treinados e preparados. Para o novo, em um mundo novo e atual, com os males do passado, que não serão equacionados, muito menos atualizados. FELIZ RUMO AO DESCONHECIDO.